Laudo comprova morte por AVC de comerciante em ‘gaiolão’ no MA

O Instituto Médico Legal de Imperatriz concluiu que o comerciante Francisco Edinei – que ficou mais de 18 horas exposto ao sol em uma cela conhecida como “gaiolão” -, morreu por um AVC (acidente vascular cerebral) .

O comerciante foi preso depois de sair dirigindo bêbado e se envolver em um acidente de trânsito.

Segundo a polícia civil, após a prisão ele teria passado mal e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Corda, onde foi identificado um quadro hipertensivo de 20 por catorze. De acordo com a família, após ser medicado Francisco foi levado de volta para a delegacia, em uma cela conhecida como “gaiolão”, e o mesmo estava sentindo dores na cabeça e mal estar,

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com