Suplente de Delcídio Amaral é milionário sul-mato-grossense e amigo de ex-presidente Lula

Com a cassação do senador Delcídio Amaral o seu suplente já pode assumir naquela que é a sessão mais importante do Senado nos últimos 25 anos. Pedro Chaves dos Santos Filho, de 75 anos, é um empresário muito bem-sucedido do Mato Grosso do Sul, criador da Universidade para o Desenvolvimento do Pantanal (Uniderp), uma das maiores instituições privadas de ensino do Brasil. Chaves vendeu a Uniderp e outras quatro universidades por R$ 246 milhões para o grupo Anhanguera. Quando o grupo estrangeiro Fidelity Worldwide Investment comprou mais de 70% das ações da Anhanguera, Chaves também lucrou.

Pedro em uma de suas fazendas no Mato Grosso
Pedro em uma de suas fazendas no Mato Grosso Foto: Facebook / Reprodução

Em Campo Grande (MS), Chaves é uma figura influente da alta sociedade, dono, além das já citadas instituições de ensino, de fazendas e lojas. Tem amizade com o ex-presidente Lula e uma ligação familiar com o pecuarista José Carlos Bumlai, preso na Operação Lava-Jato: sua filha, Neca, é casada com o filho de Bumlai, Fernando. Por conta da amizade com Bumlai e Lula, Chaves foi coordenador da campanha de Delcidio ao governo do estado de Mato Grosso do Sul em 2014.

De acordo com as investigações da Lava-Jato, Bumlai era uma das poucas pessoas que tinha livre acesso ao Palácio do Planalto quando Lula era o presidente da República.

Quando foi convidado para ser suplente do Senado em 2010, pelo Partido Social Cristão – o mesmo dos deputados Marco Feliciano e Jair Bolsonaro – ele não escondia a amizade com Delcídio. Em 2014, ele foi um dos coordenadores da campanha do senador ao governo do Estado de Mato Grosso do Sul – campanha perdida.

À esquerda de Delcídio, quando coordenava a campanha do petista a governador do Estado
À esquerda de Delcídio, quando coordenava a campanha do petista a governador do Estado Foto: Facebook / Reprodução

Em 2010, quando foi candidato ao Senado, Pedro Chaves apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma declaração de bens no valor de R$ 69 milhões – entre os bens, três apartamentos na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Ficha de Pedro Chaves no TSE: bens no valor de R$ 69 milhões
Ficha de Pedro Chaves no TSE: bens no valor de R$ 69 milhões

O EXTRA fez contato para saber se Chaves votará contra ou a favor da admissibilidade do processo de impeachment, mas sua assessoria em Campo Grande disse que o empresário e professor iria aguardar a confirmação – ou não – da cassação de Delcídio para se pronunciar.

Fonte: http://extra.globo.com

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com