Lula diz que há ‘clima de ódio’ e que defender impeachment é ‘ser golpista’

Em ato contra o impeachment realizado em Fortaleza (CE), o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o país vive um “clima de ódio” nunca visto antes e disse que “defender o impeachment” da presidente Dilma Rousseff é agir “como golpista”.

“Eu estou estranhando um pouco o que está acontecendo no nosso país. Eu completei 70 anos de idade. Vivo nesse país fazendo política e nunca vi um clima de ódio estabelecido no país como está estabelecido agora. Aqueles que amam a democracia aqueles que gostam de fazer política […] querem que se respeite a coisa mais elementar, que é o respeito ao voto popular que elegeu a Dilma”, discursou diante do público presente ao ato.

Para o ex-presidente, Dilma não cometeu crime de responsabilidade e, por isso, não pode ser afastada do cargo. “Foi só a Dilma começar a andar de bicicleta que eles inventaram as pedaladas. Ninguém aqui é contra o impeachment que está na Constituição, mas tem que ter base legal, crime de responsabilidade. E a companheira Dilma não cometeu crime de responsabilidade. Por isso, defender impeachment é ser golpista”, disse.

Lula lembrou que perdeu várias eleições antes de ser presidente e fez um “apelo” à comissão especial da Câmara destinada a dar parecer pela continuidade ou não do processo de impeachment. “Eu não vou deixar que haja golpe. Vou fazer apelo aos deputados federais que estão na comissão. Eu perdi muitas eleições. Eles sabem que o que estão fazendo é golpe”, disse.

Temer
Lula também fez referência ao vice-presidente da República, Michel Temer, quem assumiria o comando do Executivo no caso de Dilma ser afastada. Desde que o PMDB rompeu oficialmente com o governo, no dia 29 de março, petistas engrossaram as críticas a Temer.

“Eu perdi muitas eleições. E eu quero que ele [Temer] aprenda sobre as eleições. O Temer é um professor de direito e sabe que o quê estão fazendo é um golpe. E isso, ele sabe que vão cobrar é dos dos filhos dele, é do neto dele amanhã. Porque a forma mais vergonhosa de chegar ao poder é tentar derrubar um mandato legal.”, declarou.

Casa Civil
No discurso, Lula afirmou esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) permita que ele assuma a Casa Civil e que isso poderá ocorrer já na próxima quinta (7). Indicado para comandar um dos ministérios mais importantes do governo, Lula chegou a tomar posse, mas não pode assumir o cargo por causa de uma liminar (decisão provisória) do ministro Gilmar Mendes, do STF.

O ministro entendeu que houve “desvio de finalidade” na indicação feita por Dilma. Na visão de Gilmar Mendes, a presidente nomeou Lula para que ele deixasse de ser investigado na primeira instância, sob o comando do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Ministros de Estado têm foro privilegiado no STF. A decisão de Gilmar Mendes será submetida ao plenário do Supremo, que poderá mantê-la ou derrubá-la.

“Na quinta-feira, se tudo der certo, se a Suprema Corte aprovar, eu estarei assumindo o ministério”, disse Lua. “Eu vou estar no ministério para ajudar a companheira Dilma. Nadar de mão dada com ela, para criar condições para melhorar a cidadania no Ceará. Fazer o cinturão das águas, que era uma coisa que tinha acertado com o Cid [Cid Gomes, ex-governador do Ceará]”, completou  petista.

Ato em Fortaleza
O evento em Fortaleza começou por volta de 9 horas, com apresentações de artistas locais e, em seguida, começaram os discursos. A organização estimou a participação de 2 mil pessoas no início do ato. A Secretaria da Segurança vai informar estimativa de público no fim do evento.

Antes de Lula discursar, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), afirmou que não houve cometimento de crime de responsabilidade por parte da presidente Dilma.

“Nesse momento, estão tentando fazer o impeachment, para tirar nossa presidente. Nós não aceitamos isso porque não existe crime de responsabilidade. Isso é golpe, isso é golpe, presidente. Vamos defender a democracia. Não vai ter golpe!”, declarou.

Fonte: André Teixeira e Roberto Leite Do G1 CE

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com