Justiça Federal nega liberdade a João Santana e Mônica Moura

O Tribunal Regional Federal a 4ª Região (TRF4) negou nesta quinta-feira (10) um pedido de habeas corpus ao marqueteiro do PT João Santana , preso preventivamente na 23ª fase da Operação Lava Jato. De acordo com relator do processo, o desembargador federal João Gebran Neto, a decisão também vale para a mulher e sócia dele, Mônica Moura. A decisão foi tomada pela 8ª Turma da corte no dia em que o casal se calou durante depoimento à Polícia Federal.

Também nesta quinta, a defesa de Santana pediu que a investigação tenha supervisão do Supremo Tribunal Federal (STF), e não mais do juiz Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, em Curitiba. A alegação é que as apurações envolvem serviços que prestou para duas campanhas eleitorais da presidente Dilma Rousseff, com participação do ministro Edinho Silva, tesoureiro da campanha dela em 2014; e também das senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Marta Suplicy (PMDB-SP), autoridades que só podem ser investigadas no STF.

Com sede em Porto Alegre, o TRF4 abrange a segunda instância de processos federais em toda a Região Sul. No pedido de liberdade, a defesa de Santana argumentou que o perfil do cliente é diferente dos demais investigados, já que ele “não é nem nunca foi operador de propina, não é político ou funcionário público, e tampouco empresário com contratos com o poder público”. Os advogados garantem que ele colabora com a investigação e está desligado de campanhas eleitorais, além de ter tido bens bloqueados e não demonstrar intenção de cometer crimes.

No entanto, Gebran Neto afirmou que o marqueteiro “se insere no contexto” de fraudes contra a Petrobras. Segundo o relator do processo, há provas que apontam que Santana e Mônica controlavam uma conta bancária na Suíça que “teria recebido dinheiro da Odebrecht através de outras contas usadas para pagamento de propina”. O magistrado destaca ainda que a conta recebeu depósitos mesmo após a Operação Lava Jato ter sido deflagrada.

Fonte: G1 RS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com