Governador Flávio Dino diz zelar para que ‘MA não se transforme no RS’

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou no fim de semana, por meio de uma rede social, que não deseja que a situação econômica do Estado se aproxime com a vivida pelo Rio Grande do Sul, com atrasos ou parcelamentos de salários dos servidores e contas bloqueadas pela União – entenda a crise financeira. “Sobre demandas de servidores públicos, estamos fazendo o máximo. Mas devo zelar para que o Maranhão não se transforme no Rio Grande do Sul”, disse o governador.

G1 solicitou do governo do Maranhão explicações sobre as declarações do governador Flávio Dino, que se encontra em Brasília, mas até a publicação da reportagem não obtivemos retorno da Secretaria de Comunicação e nem da assessoria de imprensa do governador.

A declaração surgiu após a vitória do governo estadual no Tribunal de Justiça do Maranhão (MA), que votou no sentido de derrubar a Ação Rescisória nº 36.586/2014, que concedia correção de 21,7% nos salários dos servidores públicos do Estado, na última sexta-feira (4). O processo tratava somente da correção concedida aos servidores do Judiciário – incorporados em novembro de 2014 –, mas pode servir para anular 21,7% dos vencimentos de servidores do Executivo e Ministério Público do Maranhão (MP-MA).

Na semana passada, em nota aberta, 15 entidades representantes de servidores públicos, entre sindicatos e associações – Sintesep-MA, Sindspem, Sindsema, Sinfa-MA, Sintag-MA, Sindifunac, Sintaf-MA, Senge-MA, Sindsjus-MA, Sindsalem, Aspem, Adepol, Acreessema e AAGIPEM –, repudiaram o que consideraram uma ‘pressão indevida feita pelo Governo em alguns membros do Poder Judiciário’. Pelo cálculo do Sindsjus-MA, a medida subtrai 1/5 do orçamento das famílias já beneficiadas pela correção conquistada por meio da Ação Rescisória nº 36.586/2014.

Em comunicado, o Sindsjus-MA afirma que solicitará ao desembargador Jamil Gedeon, autor do voto vencedor no julgamento da ação, providências no sentido de fazer publicar o acórdão do julgamento, para que possa ser garantido o direito do sindicato de recorrer da decisão; e solicita, à atual da administração do TJ-MA, providências para o imediato envio de Projeto de Lei para a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema), reestruturando a tabela de vencimentos do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Maranhão.

Fonte: G1 MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com