Domingos Dutra, e os prefeitos de Barra do Corda e Açailândia, agora são do (PCdoB) MA

A seção maranhense do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) tem colocado em prática as linhas diretivas de construção partidária traçadas pela Conferência extraordinária realizada em maio último. Um dos vetores da expansão e crescimento é o projeto eleitoral 2014. Importantes lideranças têm se filiado ao PCdoB, a exemplo do ex-deputado federal do PT, Domingos Dutra, e os prefeitos de Barra do Corda e Açailândia.

Tão logo Flávio Dino foi eleito governador do Maranhão, o primeiro na história do partido, o PCdoB entendeu que, diante do fato inédito e considerando os desafios e as tarefas políticas vindouras, era o caso de mobilizar a inteligência coletiva para debater o novo quadro e apontar diretivas políticas e organizativas consoantes ao novo momento, e, por isso, convocou a militância ao debate, realizando, em maio, uma Conferência estadual extraordinária.Batizado como “Conferência de Maio”, o evento delineou uma série de desafios a serem superados a partir da constatação de que grandes possibilidades se abriam para fazer do PCdoB no estado um “Partido Comunista de Massas Dirigido por Quadros”. Esta perspectiva, entretanto, não abstrai a necessidade do envolvimento e do engajamento do conjunto de forças políticas e partidárias que elegeu Flávio Dino: antes, a compreensão dos comunistas é a de que é preciso a participação de todos aqueles que desejem construir uma nova hegemonia política, social e cultural avançada, aversa ao patrimonialismo, de caráter progressista.

A Conferência de Maio constatou, ainda, que vivemos em um ambiente político e social propício à expansão e ao crescimento das fileiras partidárias e identificou os principais vetores para tanto: projeto eleitoral 2016, movimentos sociais, atuação institucional, luta de ideias e campanha de filiação em massa.

Tendo por bússola as resoluções da Conferência, a direção estadual saiu em campo para levar adiante as tarefas traçadas. Particularmente em relação ao projeto eleitoral do ano que vem, a lógica adotada consistiu em filiar, em cada município, aquelas lideranças políticas que estiveram conosco nas batalhas do ano passado (geralmente a segunda força política local, oposta ao prefeito que apoiou o candidato da oligarquia em 2014), dentro do raciocínio de que, onde houver mais de um pré-candidato de nosso campo, deve-se buscar a unidade máxima possível para assegurar a sua vitória.

Estabelecemos o dia 20 de setembro como o “tempo político” para a conclusão das filiações. Feito o balanço prévio, constata-se que o PCdoB tem, hoje, 140 pré-candidatos a prefeito e prefeita de municípios grandes, médios e pequenos, demonstrando a capilarização horizontal do partido no estado: devemos estar presentes com direção provisória ou definitiva em 100% dos 217 municípios do vasto, diverso e belo território maranhense. Projeta-se, ainda, a eleição de mais de 400 vereadores e vereadoras, além de vários vice-prefeitos que serão eleitos por nossa legenda, tornando o PCdoB, que é um partido internacionalista de caráter nacional, também com fortes feições de sentido municipalista, ou seja, cada vez mais enraizado no seio povo.

A vinda de importantes figuras da cena política maranhense demonstra o peso e a dimensão atingidos pelo PCdoB: Domingos Dutra (fundador do PT, ex-deputado federal), referência da esquerda em nosso estado, pré-candidato a prefeito de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís e cuja população é de 120 mil pessoas; prefeitos Eric Costa (Barra do Corda, com 87 mil habitantes) e Juscelino Oliveira (Açailândia, com 110 mil habitantes. Dos 35 maiores municípios temos pré-candidatos em 17 deles. Também filiamos prefeitos em municípios menores, a exemplo de São Benedito do Rio Preto (prefeito Maurício Fernandes).

O PCdoB maranhense procura levar adiante as diretivas para transformar-se num partido de massas sem que isto signifique o afrouxamento de suas perspectivas revolucionárias e transformadoras, demandando de sua direção a garantia de seu rumo socialista. E assim procura contribuir para construir no Brasil um PCdoB cada vez mais forte, grande e extenso, porque grandes são os desafios e promissor o futuro.

*Egberto Magno é vice-presidente do PCdoB/MA.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com