Dilma se defende de ‘pedaladas fiscais’ e faz apelo a aliados

A presidente Dilma Rousseff fez um apelo aos aliados, em reunião do Conselho Político na noite desta segunda-feira (6) no Palácio da Alvorada, para que não votem nesta semana na Câmara o projeto que muda a correção do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Ela também apresentou a defesa do governo em relação a análise pelo Tribunal de Contas da União das chamadas “pedaladas fiscais”.

Segundo líderes e presidentes de partidos ouvidos pelo Blog, Dilma escalou os ministros Nelson Barbosa (Fazenda) e Luís Inácio Adams (AGU) para apresentarem argumentos e dados a fim de demonstrar “que em nada se justifica o questionamento do TCU sobre as manobras fiscais”, segundo um senador.

“O governo está preocupado com a situação no TCU e apresentou argumentos para que a base possa ajudar na defesa e esclarecer as pedaladas”, disse um dos líderes da base aliada na Câmara.

Dilma ainda apresentou aos aliados a medida provisória que vai lançar o Plano Nacional de Proteção ao Emprego.

Eduardo Cunha
Na noite desta segunda, Dilma também recebeu no Palácio da Alvorada o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Ao deputadom, ela também demonstraria preocupação com o projeto que muda a correção do FGTS.

 

E vai adoçar a boca de Cunha: ele deve assumir a Presidência da República por um dia, já que viajará nesta terça (6) para a Rússia e o vice Michel Temer deve fazer uma viagem ao Paraguai.

Fonte: http://g1.globo.com/politica/blog/blog-do-camarotti

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com