Dilma buscará convencer Merkel a ampliar investimento alemão no Brasil

A presidente Dilma Rousseff receberá na próxima quinta-feira (20) em Brasília a chanceler alemã Angela Merkel, que virá ao Brasil acompanhada de dez ministros. Dilma pretende apresentar a Merkel o plano de concessões na área de infraestrutura e tentar fazer com que empresas da Alemanha participem das obras, informou o Ministério das Relações Exteriores.

O encontro entre elas ocorre em meio a uma crise política no Brasil, com sucessivas derrotas do governo no Congresso Nacional, com setores da oposição defendendo o afastamento de Dilma e pesquisas apontando o mais baixo índice de popularidade da presidente desde o primeiro mandato.

O Plano de Investimento em Logística foi lançado em junho por Dilma em cerimônia no Palácio do Planalto. Por meio de concessões em áreas como portos, aeroportos, rodovias e ferrovias, o governo estima R$ 198,4 bilhões em investimentos na infraestrutura do país nos próximos anos.

Desde que lançou o programa, Dilma aproveitou viagens internacionais que teve nos últimos meses para apresentá-lo a líderes de outros países, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi. Em discursos, a presidente tem dito que o Brasil está “aberto” a investidores estrangeiros.

A Alemanha é atualmente o quarto maior parceiro comercial do Brasil, atrás de China, Estados Unidos e Argentina. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o fluxo comercial entre os países – soma entre exportações e importações – chegou a US$ 20,5 bilhões em 2014.

Além das conversas sobre o plano de concessões, informou o Itamaraty, Dilma abordará na reunião com Merkel no Palácio do Planalto temas como mudança do clima – os dois países participarão de conferência das Nações Unidas sobre o tema em dezembro, em Paris – e reforma do Conselho de Segurança da ONU.

Outro tema de destaque que será abordado pela presidente e pela chanceler é o da segurança na internet. Brasil e Alemanha se articularam para para aprovar na ONU resolução que garante maior privacidade na internet após denúncias de que líderes internacionais, como Dilma e Merkel, haviam sido alvo de espionagem do governo dos Estados Unidos.

Acordos
Ainda de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, Brasil e Alemanha articulam para esta semana a assinatura de acordos comerciais em áreas como comércio e investimentos, ciência, tecnologia e inovação e educação. O país europeu é considerado “importante parceiro” do Brasil na área de pesquisa.

Programação
Angela Merkel desembarcará em Brasília na próxima quarta-feira (19). Embora não haja confirmação oficial, o Itamaraty trabalha para que ela participe de jantar oferecido pela presidente Dilma no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

Na quinta, ela seguirá para o Palácio do Planalto, onde será recebida pela presidente na rampa que dá acesso ao palácio. Em seguida, participam de reunião privada, somente entre as duas e os principais assessores.

Na sequência, terão a reunião ampliada, com a presença de ministros das mais diversas áreas. Em seguida, haverá cerimônia de assinatura de acordos entre os dois países e declaração conjunta à imprensa. Por fim, as duas seguirão para o Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, onde será oferecido um almoço à delegação alemã.

Fonte: Filipe Matoso Do G1, em Brasília

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com