Uma em cada 7 crianças menores de 2 anos já tem algum equipamento eletrônico, revela estudo

Depois do celular, o tablet é o equipamento mais utilizado pelas crianças
O seu filho(a) tem algum aparelho eletrônico? Você precisa adverti-lo(a) para que saia da frente do computador, tablet, televisão etc.? Saiba que este é um problema que atinge milhares de crianças em todo mundo.

Segundo a pesquisadora Ana Lúcia Pinto de Camargo Meneghel, em seu estudo A infância não é virtual, quando a criança passa muito tempo entretida com equipamentos eletrônicos deixa de fazer o que é importante para o seu desenvolvimento como estudar, socializar com outras crianças, praticar esportes, entre outras atividades.

O trabalho de Ana Lúcia constatou que as crianças passam de 4 a 6 horas em média em frente a equipamento eletrônicos: “Alguns especialistas orientam que até seis anos de idade a criança pode ficar até uma hora em frente a esses equipamentos e até 12 anos e mais idade, duas horas em contato com os eletrônicos.”

A tecnologia não é apresentada no artigo da pesquisadora como vilã, mas o seu mau uso, fazendo com que a criança deixe de brincar, explorar e de se relacionar com outras crianças.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) lançou em 2016 um manual ‘Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital’ e dentre as recomendações está o de desencorajar, evitar e até proibir a exposição passiva em frente às telas digitais no caso de crianças com menos de 2 anos de idade, principalmente nos momento das refeições e antes de dormir.

Outra recomendação é a de que os responsáveis pela criança e adolescente monitorem os sites, programas, filmes e vídeos a que se expõem e principalmente, fiquem atentos à troca de mensagens nas redes sociais.

Crianças e Eletrônicos – Estudo 2018

O site Trocando Fraldas, especialista em saúde feminina e da criança, desenvolveu um estudo Uso de Eletrônicos por Crianças. Entre os dias 10 e 14 de março foi disponibilizado um questionário e quase 3 mil mães e pais de crianças pequenas de todo o Brasil participaram do levantamento.

O estudo mostrou que 54% das crianças acima dos 2 anos de idade já têm algum equipamento eletrônico. Outro dado importante é que 1 em cada 7 crianças menores de 2 anos e com mais de 6 meses já possuem algum aparelho próprio.

Dentre as crianças pequenas, o celular é o aparelho mais comum, um terço das crianças acima de 2 anos já têm o eletrônico.

Depois do celular, a pesquisa mostra que o tablet é o aparelho mais utilizado, 1 em cada 4 crianças de 2 anos ou mais já têm o próprio equipamento.

O tempo em frente aos aparelhos eletrônicos também fez parte do questionário da pesquisa e ficou provado que 66% das crianças pequenas passam mais de uma hora por dia com equipamentos eletrônicos e 1 a cada 20 crianças passa mais de 6 horas com os aparelhos.

O que os pais acham disso?

A pesquisa do portal também mostra que a maioria dos eletrônicos chega às crianças porque elas pedem, representando o percentual de 30%. As crianças que têm eletrônicos porque os pais consideraram adequado representa o percentual de 31%.

Sete em cada 8 mães e pais afirmam que estimulam os seus filhos a brincar ao ar livre.

Faz bem ou não a interação com os equipamentos eletrônicos? Realmente é o mau uso que pode prejudicar?

Att.
Assessoria de Comunicação – Trocando Fraldas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com