gov
Soja: Desconto na classificação de grãos reduz rentabilidade dos produtores no Maranhão – barradocorda.com – Ribamar Guimarães – “o bom maranhense”
Publicado em: 25 de abril de 2018 - 09:15

Soja: Desconto na classificação de grãos reduz rentabilidade dos produtores no Maranhão

Os produtores rurais estão preocupados com os descontos na classificação de grãos de soja e que pode reduzir a rentabilidade.

Segundo o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) do estado do Maranhão, José Carlos Oliveira de Paula, cerca de 80% das áreas cultivadas com a soja foi colhido na região e a produtividade está em torno de 53 sacas do grão por hectare.

“Ontem, nós tivemos uma reunião com o pessoal do IBGE que estavam acompanhados pela a Conab confirmaram esse rendimento no sul do Maranhão”, afirma.

Um dos fatores que prejudicaram na classificação de grãos, foi o excesso de chuvas que acabou comprometendo a safra com soja ardida. “Muitos produtores tiveram descontos acima de 20%. Porém, não é devolvido para o agricultor é comercializado 100% pela a trader e quem fica com o prejuízo somos nós”, destaca.

Comercialização

Por conta da guerra comercial entre os Estados unidos e a China e a estiagem na Argentina, os preços para a soja reagiram na localidade. Atualmente, a saca da oleaginosa está sendo negociada a R$ 73,00. “Com essas referências ajuda os produtores, mas não paga todas as dívidas e os fretes cada vez mais altos”, ressalta.

No caso do milho, as referências giram por volta de R$ 28,00 a saca, sendo que nestes patamares começam a remunerar caso os produtores consigam um rendimento próximo a 80 sacas do grão por hectare.

Milho Safrinha

Nesta temporada, houve uma redução de 30% na área plantada com o milho safrinha no estado. Na qual, a área destinada a cultura tem em torno de 1.90 a 2 mil hectares. “Alguns agricultores já fizeram o plantio a mais de 20 dias e quem plantou por último está sofrendo devido á falta de chuvas generalizadas”, diz.

Os agricultores que não investiram no milho safrinha optaram por fazer o plantio no milheto, sorgo e feijão. No entanto, muitos produtores já estão fazendo a compra dos insumos para a próxima temporada. “O nosso grande problema é na parte de financiamento, principalmente aqueles que são controlados pelo o governo. Além disso, a propriedade que não tem as questões ambientais legalizadas não tem direito ao crédito”, salienta.

Diante desse cenário, a Aprosoja está trabalhando para amenizar essa situação ao produtor, que também precisa estar com a licença atualizada todos os anos. “O agricultor não foi orientado para isso, mas nós estamos dialogando com o governo, tendo em vista que está prejudicando 70% dos produtores rurais”, finaliza.

Por: Fernanda Custódio e Andressa Simão
Notícias Agrícolas

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Rádio

Enquete

Você é a favor do isolamento social em época do Coronavírus?

  • Sim (100%, 7 Votos)
  • Não (0%, 0 Votos)

Total de votantes: 7

Carregando ... Carregando ...

Facebook

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com