gov
Sindicatos de Barra do Corda e região promoveram grande encontro – barradocorda.com – Ribamar Guimarães – “o bom maranhense”
Publicado em: 3 de junho de 2019 - 22:25

Sindicatos de Barra do Corda e região promoveram grande encontro

O movimento sindical de Barra do Corda e região vive um momento histórico. Nos dias 30 e 31 de maio os sindicatos promoveram grande evento, proporcionando importante momento de capacitação e sensibilização através de palestras mesas redondas e assessoria jurídica para os trabalhadores que compareceram a AABB de Barra do Corda.

O evento contou com nomes de peso como a professora da UFMA, Dra. Regina Helena Martins de Faria que apresentou o painel “Transformações no Mundo do Trabalho” segundo a professora, os direitos sociais adquiridos pela classe trabalhadora foram conquistas históricas, fruto de lutas de classe, caracterizadas por avanços e recuos. “Não podemos ficar inertes diante das constantes violações aos princípios positivados na CF 1988” pontuou a professora. 

A auditora da Receita Federal e diretora de comunicação da AFIPREMA – Associação dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil no Maranhão, Maria de Lourdes Nunes Carvalho se surpreendeu positivamente com a presença em peso dos trabalhadores de Barra do Corda e com a coesão e união dos sindicatos da cidade. A especialista ministrou a palestra “Previdência Social como Instrumento de Cidadania e o painel “Aposentadoria Rural e Especial”

A auditora fez uma breve retrospectiva sobre o sistema de proteção previdenciária do brasil desde 1923, sua criação, finalidade e os contornos atuais. Enfatizou que os governantes sempre se utilizaram de forma indevida dos recursos da previdência social para bancar grandes projetos como a CSN, VALE, a construção da rodovia transamazônica e a concretização do sonho de Jucelino Kubitschek – a construção de Brasília. “Sempre que o país esteve mal das pernas, se recorreu, de forma criminosa aos recursos da previdência pra salvar o país. No atual cenário, os mais pobres, o trabalhador assalariado, rural e principalmente as mulheres, foram chamados para “salvar” o país, pura crueldade”, finalizou a auditora. Segundo o sindicalista e vereador Jaile Lopes, este é o momento de termos coragem e muita união para fazer as mobilizações e enfrentamentos. Sobre a reforma da previdência, Jaile relembrou que o atual regime previdenciário que está sendo atacado é onde boa parte das injustiças sociais do brasil são corrigidas. A profissão de professor, por exemplo, é extremamente árdua, tanto física como psicologicamente. Certamente haverá aumento expressivo no número de benefícios por incapacidade do professor, principalmente as mulheres, que precisarão trabalhar 5 anos a mais caso o texto atual da reforma seja aprovado. “Exigir 60 anos de idade para professores e trabalhadores rurais é dar as costas para a realidade brasileira. São atividades extremamente penosas, que exigem regras especiais de aposentadoria, devendo também haver diferença de gênero, o que não foi observado no texto” pontuou o sindicalista.

O fórum também discutiu em um painel a participação dos indígenas no mercado de trabalho, para as lideranças indígenas Ricardo Canela e Thassyla Pompeu, representantes dos povos indígenas Canela e Guajajara, o cenário atual é preocupante. “O preconceito contra o indígena ainda é muito grande e impede que os índios concorram a uma vaga de emprego na cidade. Os índios mais jovens buscam as qualificações existentes na cidade, e isso gera um pouco mais de confiança para que busquem mais oportunidades de estudar e mudar a realidade de seu povo”, pontuou Thassyla. Para o representante do povo Canela, o governo Bolsonaro é uma tragédia na política indigenista, que sofreu um desmonte completo e o discurso do presidente, de “integrar” os povos é enganoso. Nós é que sabemos o que é melhor pra gente. Temos cinco séculos de experiência em resistência e vamos continuar resistindo. Queremos o direito de continuar sendo o que somos, com nossa identidade preservada.

O evento também contou com prestação de serviços para os participantes, tais como, Banca com assessoria jurídica, PROCON, Ministério Público, Defensoria Pública, Cortes de Cabelo, Limpeza de Pele, Serviço de saúde, como aferição de PA, teste rápido para diabetes, vacinação contra a gripe, entre outros.

ORGANIZAÇÃO DO EVENTO:

SINPROESEMMA – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão / Núcleos de Barra do Corda, Jenipapo dos Vieiras, Fernando Falcão e Itaipava do Grajaú

SINACS – Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde da Regional de Barra do Corda-MA

SINTRASEMBAC – Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Barra do Corda-MA

STTR – Sindicato dos Trabalhadores e de Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares de Barra do Corda-MA

COOPAÍBA- Cooperativa Mista dos Pequenos Produtores Rurais da Copaíba

SINRURAL – BC – Sindicato dos Produtores Rurais de Barra do Corda-MA

SINDICOMERCIÁRIOS – Sindicato dos Empregados no Comércio de Barra do Corda-MA

SEEB-MA – Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Maranhão

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Rádio

Enquete

Você é a favor ou contra a proposta de Reforma da Previdência?

  • A Favor (50%, 5 Votos)
  • Contra (50%, 5 Votos)

Total de votantes: 10

Carregando ... Carregando ...

Facebook