Domingo de Páscoa, a festa do Cristianismo reunirá fies nas igrejas de Barra do Corda

O encerramento da programação da semana Santa em Barra do Corda terá no período da manhã e noite missas da pascoa do Senhor em todas as Paroquias.

A paroquia São Miguel Arcanjo que fica no bairro Altamira II  (Pequizinho) convida todos os fies para participar das missas de encerramento da Semana Santa.

A paroquia Santa Cruz no centro da cidade também realizará missas pela manha e noite. o mesmo acontece na Paroquia Santa Gianna  na Trezidela.

Compareça e prestigie esse momento tão especial da Ressurreição de Jesus Cristo.

De acordo com as tradições cristãs, a Páscoa é a festa que celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Segundo a Bíblia, Cristo foi morto e sepultado em uma sexta-feira, e seu túmulo foi encontrado vazio no domingo seguinte. Depois de alguns dias, ele apareceu várias vezes para seus discípulos, comprovando que realmente voltara dos mortos.

As origens da comemoração da Páscoa, no entanto, são muito mais antigas..

Páscoa hebraica

A palavra “Páscoa” vem do hebraico “Pessach”, que significa “passagem”. Para o povo judaico, a Pessach ou Festa da Libertação comemora o fim do período de escravidão e a saída do povo hebreu do Egito, que aconteceu aproximadamente em 1.280 a.C.

Nessa época, segundo a Torá (livro sagrado judaico), Deus amaldiçoou o Egito com as dez pragas bíblicas. Antes da última praga, ordenou a todas as famílias hebreias que sacrificassem um cordeiro e marcassem as portas de suas casas com o sangue do animal no dia 14 do mês de Nissan.

À noite, as famílias comeram a carne do cordeiro com ervas amargas e pão sem fermento. À meia-noite, Deus enviou um anjo que matou todos os primogênitos do Egito, inclusive dos animais. O Faraó, com medo, concedeu a liberdade ao povo hebreu.

Páscoa pagã

A Páscoa também tem raízes em uma celebração que era realizada anualmente pelos povos pagãos da Europa em homenagem à deusa Ostera ou Esther (em inglês, a Páscoa é chamada de Easter).

A festa celebrava o equinócio de primavera, que marcava o final do inverno, período de frio, fome e dificuldades. Ostera, Deusa da Primavera ou da Fertilidade, era representada segurando um ovo nas mãos e observando um coelho, símbolos do renascimento da natureza. As celebrações também incluíam flores e fogos de artifício. Os ovos eram pintados com cores alegres e símbolos ritualísticos e oferecidos aos Deuses.

Enfim, o Ano Novo é celebrado com votos de felicidade, prosperidade, amor e esperança. É tempo de reflexão sobre o ano que passou, e também sobre o ano que está por vir.

Dia da Páscoa

A Páscoa é uma festa móvel, celebrada no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera. Essa data foi determinada pela Igreja Católica no Primeiro Concílio de Niceia, realizado no ano de 325 d.C. Na prática, varia entre 22 de março e 25 de abril.

Em alguns países, como Alemanha, Itália e Bélgica, a Segunda-Feira de Páscoa também é feriado.

O povo judeu ainda celebra seu Pessach no dia 14 do mês de Nissan (primeiro mês do calendário hebraico e sétimo do calendário civil).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com