gov
Centenas de pessoas prestigiaram a 36ª apresentação da Peça Paixão de Cristo em Barra do Corda – barradocorda.com – Ribamar Guimarães – “o bom maranhense”
Publicado em: 15 de abril de 2017 - 20:35

Centenas de pessoas prestigiaram a 36ª apresentação da Peça Paixão de Cristo em Barra do Corda

Centenas de pessoas compareceram no final da tarde desta sexta-feira (14), na Praça Melo Uchoa para prestigiar a 36ª apresentação da Peça Teatral Paixão de Cristo.

A encenação, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura com apoio da Prefeitura, contou com a participação de 70 barra-cordenses (atores principais e figurantes), e faz parte do calendário cultural do município, que a cada ano atrai um número maior de expectadores.

Fonte: http://www.barradocordanoticia.com/

Exibindo 3 comentários
Dê sua opinião
  1. Francisquinha Miranda Vieira disse:

    UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL
    Estou me referindo ao que o Vereador Jaile falou na sessão da Câmara Municipal, dia 25 de abril sobre o Orçamento Participativo. Até o momento nenhum vereador havia se manifestado sobre o assunto.
    Será um MARCO HISTÓRICO e político, se a Administração popular assumir a Prefeitura e passar a incluir a população nas decisões da cidade.
    Ao assumir a Prefeitura a Administração Popular, deverá revolucionar o processo de comunicação com a população, com prestação de contas públicas à população e, a cada ano o processo deverá ser repetido reforçando a transparência e a participação dos moradores.
    Esta nova forma de governar que deverá iniciar com o OP e com a inversão de prioridade, possibilitará aos moradores indicar suas necessidades mais urgentes.
    O resultado da participação popular com a transparência administrativa não poderá ser outro: uma cidade cada vez melhor para se viver.
    Esta prática auxiliará a reformulação do Orçamento da Prefeitura, que passará a ser elaborado a partir das necessidades dos moradores da cidade, organizados em Assembléias regionais e temáticas, que decidirão onde devem ser aplicados os recursos públicos. A população deverá eleger suas prioridades como também deverá fiscalizar a execução das obras e serviços. O mecanismo será uma forma eficiente de combate a práticas como o clientelismo político e a corrupção nos orgãos públicos.
    Nosso município mesmo remando contra a maré, terão que mover-se na boa direção, construindo uma cidade menos desigual, mais generosa e muito mais aberta a possibilidade do encontro e do exercício pleno da cidadania.
    Portanto devem existir dois grandes eixos nas administrações: O PROJETO CULTURAL e o ORÇAMENTO PARTICIPATIVO. Eles são os ELOS de uma corrente política e social em que o resultado futuro é a ampliação da qualidade de vida que, além dos itens básicos,saúde, e educação, oferece algo que beneficia a alma do cidadão.
    Com o tempo conseguiremos dar maior abrangência ao termo CULTURA, com o desenvolvimento da essência da ARTE para o futuro.Tornando o centro da cidade ainda mais atraente, valorizando e recuperando a arquitetura de seus prédio históricos, incentivando o comércio e os serviços de qualidade, com melhor iluminação, moradia, lazer e segurança. Esta deve a política da administração Popular de Barra do Corda e demais municípios.
    Francisquinha Miranda Vieira
    Contato (99) 8223-5835

  2. Wilson F Leite disse:

    por essas e por outrras, é que me dá orgulho de ser barracordese

  3. Clodoaldo Ribeiro disse:

    Gosto muito dessa peça,sempre assistia quando morava lá em Barra do Corda..Na época era com o Domingos Augusto…Boa mesmo

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook