Blog Folhadabarra – Defensoria Pública em Barra do Corda atua na defesa dos rios Corda e Mearim

Durante este mês de maio – mês no qual se comemora o Dia do Defensor Público – o Portal folhadabarra.comestá fazendo uma série de reportagens sobre a Defensoria no município. E nos do site www.barradocorda.com faremos as divulgações neste belo trabalho somando assim força na visualização das matérias. É uma forma de aumentar com isso, a visibilidade para este problema que tanto preocupa nossa cidade.
E segundo o blog folhadabarra.com a matéria se inicia a respeito da importante iniciativa da Defensoria Pública na defesa dos rios Corda e Mearim.
Segundo o Dr. Jessé Mineiro, titular da 1ª Defensoria, foi constatado, pessoalmente e através das redes sociais, o grande assoreamento dos rios.

No caso do Rio Corda, chamou a atenção o lugar conhecido como “Mete-mete”, onde já está sendo formado uma prainha, que já ocupa quase metade da largura do Rio Corda. Em relação ao Rio Mearim, é dramática a situação do rio nas proximidades da ponte Juá.

Para o Dr. Gil Henrique, Titular da 2ª Defensoria, “a atuação da Defensoria Pública na tutela do meio ambiente – direito difuso que afeta a todos (hipossuficientes ou não) – está previsto no artigos 134 e 225 da Constituição Federal, no Art. 4º, incisos VII e VIII da Lei Complementar Nacional 80/94 e no entendimento pacífico do Supremo Tribunal Federal”.
Inicialmente, a Defensoria expediu Ofício para a Secretaria de Meio Ambiente, levando a situação ao Poder Executivo Municipal, além de requisitar que seja feita fiscalização nas áreas lesadas.
O Ofício foi entregue pessoalmente ao Secretário de Meio Ambiente, Paulo Coelho, em reunião que contou com a presença do Controlador do Município, Dr. Antônio Joabe.
Após o prazo estipulado no Ofício, e a depender da atuação do Município, a Defensoria Pública adotará as medidas necessárias, inclusive, se for o caso, ajuizará ação civil pública.
“A defesa dos rios Corda e Mearim deve ser feita de modo aguerrida. Além da importância ambiental, a grande população hipossuficiente utiliza os rios para todas as atividades diárias, como consumo e higiene pessoal, notadamente em face da precariedade do serviço fornecido pela CAEMA”, finaliza do Dr. Jessé Mineiro.
Fonte: http://www.folhadabarra.com/
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com