Barra do Corda e região clama por uma Brigada do Corpo de Bombeiros

Mesmo com a chegada da Primavera e o início das chuvas, é preciso ficar alerta com queimadas. Todos os anos o Maranhão sofre com a estiagem, período caracterizado pela baixa umidade relativa do ar e por elevadas temperaturas, o que favorece um alto índice de queimadas.

Aliada a isso, a ação humana contribui e muito para que as queimadas se alastrem por várias regiões do Estado. É o caso de Barrado Corda.

São muitas as denúncias de incêndios criminosos na cidade e nos povoados do município. É o que Informa o Corpo de Bombeiros Militar do Estado.

O problema ficou tão grave em Barra do Corda que chegou ao ponto da Promotoria de Justiça e Polícia Civil do município, criarem medidas que possibilitariam combater os índices de queimadas pela vegetação em volta da cidade, com isso, a fiscalização e prisões de pessoas que, criminalmente, contribuem para o aumento nas queimadas talvez fizesse todos se conscientizar quanto ao dano que estavam cometendo ao meio ambiente.

Valem lembrar que, casos como os que estão acontecendo de grandes queimadas são frequentes em todos os Estados brasileiros, afinal, eles são atingidos pelo tempo seco em diferentes meses do ano. Em Barra do Corda, por exemplo, o pior período para ocorrência de incêndios é entre agosto, setembro e parte do mês de outubro ate a chegada das chuvas .

Uma observação, Barra do Corda estava em 1º lugar entre os municípios brasileiros com os maiores índices de queimadas neste ano e com a chegada, de maneira provisória,da Brigada do Corpo de Bombeiros e Prevenção o Combate a Incêndios Florestais o ranking caiu para a 4ª posição.

Que tudo isso, sirva de lição para os órgãos competentes e administradores Municipais e Estaduais.

Porque não se estabelece uma unidade do corpo de bombeiros no município, e assim atender a reivindicação que se faz há muitos anos? Com isso, se evitará todo o transtorno no deslocamento de homens e equipamentos que possam com mais rapidez evitar o maior mal praticado ao nosso Meio Ambiente.

O fato que preocupa é que a maioria dos incêndios florestais no Brasil tem origem na ação humana, podendo começar de forma proposital ou por descuido. Por isto, o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, faz um alerta para a população.

“Tomem cuidado. Não acenda fogueira próxima de áreas naturais, mesmo distantes. Às vezes vem o vento e leva uma fuligem, e às vezes uma fuligem causa um grande incêndio. Estes incêndios trazem prejuízos para a flora, para a fauna e prejuízo às vezes também chega em áreas residenciais, perdendo casas, enfim… colocando em risco a própria vida das pessoas.”

Neste ano, os cinco Estados que tiveram mais focos de incêndios foram: Pará, Mato Grosso, Tocantins, Amazonas e Maranhão. O monitoramento de queimadas em imagens de satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o InfoQueima, consegue identificar qualquer incêndio em qualquer parte do país e atualiza os dados a cada três horas, todos os dias do ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com