Barra do Corda, cidade de todas as tribos, Parabéns pelos 180 Anos

Fazer aniversário é olhar para trás com gratidão e para frente com fé!

A história do aniversário de Barra do Corda:

No nosso artigo faremos uma homenagem à Barra do Corda. Vamos conversar um pouco sobre o surgimento dela?

A cidade de Barra do Corda foi fundada em 3 de maio de 1835 por Manoel Rodrigues de Melo Uchoa, nascido em Nossa Senhora de Assunção, no Ceará. Como 3 de maio é o dia de Santa Cruz, Melo Uchoa então a batizou de Santa Cruz de Barra do Corda. Em seguida, Barra do Rio das Cordas e finalmente, Barra do Corda. O nome “Corda“ e em razão do rio Corda então conhecido como rio “Capim”. Como existem muitos cipós que se enrolavam em forma de corda, daí o nome rio Corda e por efeito Barra do Corda. Uma das versões sobre Melo Uchoa, conta que ele teria vindo do Piauí onde participou como um dos comandantes-chefe da Batalha do Jenipapo, em Campo Maior, uma rebelião piauiense que pretendia fundar uma república.

Trouxe consigo vários representantes dessa batalha, inclusive o seu lugar-tenente, José Lázaro Teixeira. Nas imediações da cidade de colinas no Maranhão, na fazenda Consolação, consta que Melo Uchoa teria reunido uma caravana, a qual contara  com índios Canelas, e em seguida partido em expedição para reconhecer uma área no centro maranhense e fundar uma cidade. O povoado Leandro no sertão, já existia. No porto do hoje povoado do Sujapé, Melo Uchoa teria passado oito dias descansando. A pé, margeando o rio, foi até a confluência do Corda com o Mearim, acampando no porto da Sapucaia. Julgou que era o local ideal. Além da beleza, constatou que o rio Mearim a partir daí oferecia condições de governabilidade. E ali no porto da Sapucaia declarou fundada Barra do Corda. Era 3 de maio de 1835. A partir dessa data fixou residência em Barra do Corda. Comandou a demarcação das ruas da cidade de modo que ficassem em quadras aguais de cem metros, no sentido de que todos estivessem voltadas para a nascente. Viveu 31 anos em Barra do Corda. Pai de 7 filhos, Melo Uchoa morreu paupérrimo em 7 de setembro em 1866. Foi sepultado na praça Gomes de Sousa (antigo cemitério eu ficava na entrada do bairro do Sítio dos Ingleses). Na cidade há apenas a praça Melo Uchoa em sua homenagem,

Manoel Rodrigues de Melo Uchoa chegou ao local que escolheu para fundar a nova cidade, atendendo não só às condições topográficas como as comodidades relativas ao suprimento de água potável e ainda à possibilidade de navegação fluvial até São Luís

Agora aproveitando essa fala, vamos comentar sobre sua posição geográfica…

Barra do Corda, possui uma localização privilegiada, localizada no centro geográfico do estado do Maranhão, de vocação turÍstico-cultural, recentemente recebeu o selo de cidade turística, documento emitido pela EMBRATUR onde reconhece a aptidão da região para a industria sem máquina, que é o turismo. É o 10º Pólo turístico. O Pólo Serras Guajajara, Timbira e Canela formada pelo municípios de:Barra do Corda (Município sede); Grajaú; Jenipapo dos Vieiras; Sítio Novo; Arame; Formosa da Serra Negra; Entaipava do Grajaú; e Fernando Falcão. É a mais nova região turística do estado e está em fase de implementação e estruturação. Barra do Corda é a principal porta de entrada e a que possui a melhor infra-estrutura e serviços.

FOTO:

barra5 barra4  barra2 barra1barra3

Parabéns Barra do Corda. Uma longa estrada da vida prá você.

Por isso, uma salva de palmas pessoal, a nossa cidade merece, muitos, mas muitos anos de vida.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com