Barra do Corda adere ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar

Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade

Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) recebeu adesão de mais 43 municípios da Bahia, do Maranhão, de Minas Gerais, do Paraná, de Piauí e São Paulo. Nesses locais, as prefeituras vão criar um conselho que vai elaborar, no prazo de um ano, um plano com ações para garantir a segurança alimentar dos habitantes.

Na prática, isso significa que os governos dos municípios vão trabalhar para garantir o direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente e sem comprometer o acesso a outras necessidades importantes.

Quando os municípios aderem ao Sisan, o acesso dos governos a recursos e programas federais, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) se torna mais fácil.

Segundo a coordenadora-substituta de Apoio à Implantação e Gestão ao Sisan, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Ana Flávia Mello Souza, o Sisan é importante para garantir a todos o direito à alimentação saudável.

“Os benefícios da adesão municipal são a promoção da cidadania, dignidade, saúde e qualidade de vida de seus cidadãos. A população precisa ter acesso a alimentos frescos, em quantidade adequada e da agricultura familiar”, destacou.

Novos participantes

De acordo com o MDS, o Sisan já tem 276 municípios participantes, além dos 26 estados e do Distrito Federal. Até 2019, cerca de 600 municípios devem integrar o sistema, de acordo com o Plano Plurianual (PPA). Entre aqueles que aderiram ao Sisan nesta segunda-feira (16), dois são do estado de São Paulo: São Bernardo do Campo e Osasco. Da Bahia, Coração de Maria, Bahia, Curaçá, Itambé e Juazeiro agora fazem parte do sistema. Juiz de Fora, em Minas Gerais, também integra, agora, a lista.

O Paraná teve o maior número de adesões, com a participação de Altônia, Alto Paraíso, Borrazópolis, Castro, Cianorte, Diamante do Oeste, Guaporema, Indianópolis, Mamborê, Manfrinópolis, Marmeleiro, Nova Aurora, São Manoel do Paraná, Palotina, Pato Branco, Perobal, Rondon, Sertanópolis, Tapejara e Terra Roxa.Do Maranhão, aderiram, Barra do Corda, Caixas, Codó, Fernando Falcão, Fortaleza dos Nogueiras, Jenipapo dos Vieiras, Mirado, Parnarama, Pastos Bons, Peritoró, Tufilândia, Vargem Grande, Água Branca, Bertonlínia, Passagem Franca e Santo Antônio dos Milagre.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Social

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com