Alunos da Escola João Pedro Freitas realizam projeto “Escravo Nem Pensar”

Na noite de terça feira (04) de setembro, alunos da Escola João Pedro Freitas da Silva em Barra do Corda realizaram sob a coordenação dos professores das áreas de Linguagens, códigos e suas tecnologias a culminância dos estudos da primeira etapa do projeto “Escravo Nem Pensar”.

O juiz do trabalho da Vara de Barra do Corda doutor Francisco José Campelo Galvão prontamente atendeu ao pedido da escola e proferiu uma palestra abordando o trabalho escravo e proporcionando ao público uma visão do tema desde a jornada de trabalho em países como a China, o exemplo da contratação e do passe dos jogadores de futebol, a importância da valorização da economia local e os direitos de liberdade e dignidade da pessoa humana desrespeitados no campo e na cidade.
Na palestra o juiz ainda esclareceu as condições insalubres e desumanas dos ambientes de trabalho e os motivos que levam os trabalhadores a se submeteram a condições análogas as de escravos .

Após a palestra os alunos apresentaram paródias, repentes, leitura de resumos de pesquisa e dramatizações sobre o tema.
O professor Rocklane Pereira, diretor de Educação representou a URE de Barra do Corda, também esteve presente a diretora da Vara do Trabalho Stefania Amorim, a coordenadora do projeto na escola: professora Terezinha Teixeira, a diretora Celismar Milhomem Leão , professores de outras áreas também prestigiaram o evento.

Veja fotos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com