A Importância do Concurso público para Identidade Cultural de Barra do Corda

O último concurso público de Barra do Corda, foi no mandato de Avelar Sampaio, depois de uma série de problemas e contratempos, parece que finalmente o tão sonhando concurso vai acontecer, são quatorze anos de espera.

O edital de 2012, teve uma retificação com relação à inclusão de conhecimentos históricos, geográficos e culturais de Barra do Corda, o que provocou  uma corrida a dados e informações sobre Barra do Corda, credita-se ao professor Luis Carlos Rodrigues essa, mudança, mas quais são as consequências de se incluir esses conteúdos no concurso?

Primeiramente fiz uma visita ao professor Artur Arruda, que está adoentado com um problema na perna e passamos uma manhã toda conversando sobre a história de Barra do Corda, o projeto do Incra e personalidade históricas, quando cheguei em casa fui dar uma olhadinha no facebook e lá meu amigo Álvaro Braga, tinha elaborado uma pergunta sobre a história de Barra do Corda.

Com uma espécie de brincadeira eu também fiz uma, e depois outra, foi então que a professora Marinete Moura, começou a participar e depois o professor Alisson e por fim o Roberto Passos, dessa brincadeira elaboramos nada mais, nada menos que 100 questões sobre Barra do Corda, gabaritadas e comentadas, a procura foi tão grande que fica a pergunta: Por que isso nunca tinha sido feito? Por que sabemos tão pouco sobre nossa história, cultura e geografia? Se não sabemos, o que estamos ensinando aos nossos alunos?

Desde a implantação do conselho municipal de educação no dia 18 de setembro de 2009, discute-se sobre a proposta curricular municipal e o plano municipal de educação, que apesar dos 180 anos de Barra do Corda, ainda não temos.  A  nossa lei orgânica foi reformulada em 2012, mas quase ninguém tem acesso, é uma vergonha Barra do Corda não ter biblioteca pública e só ser lembrada pelo carnaval, escandá-los políticos e conflitos indígenas.

Temos sim muita cultura, história e geografia para aprender e ensinar e preciso que a cultura juvenil das classes pobres sejam elevada a cultura erudita e a escola seja a ponte de ligação entre o censo comum e a ciência, não podemos mais ficar sem universidade e produção continua de saberes e conhecimentos de nossa terra, chega de escola dualista, precisamos de oportunidade de emprego e renda, chega de sermos marginalizados, por políticos, que nos oprimem com a violência simbólica do contrato, aonde em qualquer momento podemos perder o emprego, Barra do Corda precisa emancipar-se culturalmente de forma critica, entendendo sua história e orgulhando-se dela. Eu amo Barra do Corda “… amor da minha vida, és  tudo para mim, terra querida…”(Trecho da canção cordinha)

O link para download  http://www.slideshare.net/gagaufera/conhecimentos-histricos-geogrficos-e-culturais-de-barra-do-corda

Por: Leonardo de Arruda Delgado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com