Trump e Hillary dão grande passo em prévias rumo à candidatura nos EUA

Donald Trump e Hillary Clinton aumentaram nesta terça-feira (15) suas vantagensem relação aos concorrentes para a nomeação a candidatos à presidência dos Estados Unidos pelos partidos Republicano e Democrata, respectivamente.

Hillary venceu em ao menos quatro dos cinco estados que realizaram primárias democratas; Trump levou em ao menos três nas prévias republicanas.

Hillary Clinton acena para eleitores em West Palm Beach, na Flórida, após vencer as primárias daquele estado, na terça (15) (Foto: Reuters/Carlos Barria)
Hillary Clinton acena para eleitores em West Palm Beach, na Flórida, após vencer as primárias daquele estado, na terça (15) (Foto: Reuters/Carlos Barria)

Ambos comemoraram a vitória no Missouri, mas resultado seguia indefinido até as 6h30 desta quarta (16): tanto Hillary quanto Trump estavam 0,2 ponto percentual à frente de seus principais concorrentes (Bernie Sanders perdia por 49,6% a 49,4% e Ted Cruz por 40,8% a 40,6%).

Trump conquistou a maioria dos eleitores da Flórida, de Illinois e da Carolina do Norte e perdeu apenas em Ohio para o governador do estado e concorrente pré-candidato John Kasich. A vitória de Trump na Flórida levou o senador pelo estado, Marco Rubio, asuspender sua campanha.

O bilionário discursou em Palm Beach, na Flórida, para agradecer pelos votos. Ele disse que está trazendo novos eleitores para o partido e os elogiou. Segundo ele, “algo está acontecendo” no Partido Republicano, que está sendo noticiado “por todo o mundo”.

Trump também parabenizou Marco Rubio “pela difícil campanha” que promoveu até esta terça.

Já entre os democratas, Hillary venceu na Flórida, em Illinois, na Carolina do Norte e em Ohio.

Sanders não conseguiu confirmar sua vitória no Missouri, onde liderava nas pesquisas, até o momento.

“Nosso próximo presidente deve estar preparado para três grandes tarefas: fazer diferença positivas nas vidas das pessoas, nos manter seguros e trazer o país junto novamente”, disse Hillary, em discurso em Palm Beach, na Flórida, para comemorar suas vitórias.

A pré-candidata defendeu os direitos dos gays, salários iguais a homens e mulheres e a criação de novos empregos. Também se referiu ao projeto de Trump de criar um muro anti-imigrantes na fronteira com o México: “Devemos quebrar barreiras e não criar muros”.

Delegados
Flórida e Ohio têm uma regra diferente para a atribuição de delegados entre os republicanos. Nestes estados, o candidato vencedor leva todos os delegados que estavam em jogo. O sistema é chamado de “the winner takes it all”, ou “o vencedor leva tudo”.

Com isso, de cara Trump garantiu os 99 delegados da Flórida e John Kasich os 66 de Ohio. Nos outros estados os delegados são distribuídos proporcionalmente. Até às 23h30 desta terça, Trump acumulava 619 delegados, Ted Cruz 394 e John Kasich 136. Os 167 de Rubio devem agora migrar para outros candidatos. Mas o balanço final só será conhecido quando todos os votos estiverem apurados. Um republicano precisa ter pelo menos 1.237 votos para ser indicado por seu partido.

Donald Trump discursa em Palm Beach após vencer as primárias da Flórida, na terça (15) (Foto: Win McNamee/Getty Images/AFP)

Trump discursa em Palm Beach após vencer as primárias da Flórida (Foto: Win McNamee/Getty Images/AFP)

Entre os democratas os delegados são distribuídos proporcionalmente aos votos em todos os estados que realizaram prévias nesta noite. Até às 23h30 Hillary acumulava 1.488 delegados, enquanto Sanders contabilizava 704. No Partido Democrata, uma indicação depende de pelo menos 2.383 votos.

John Kasich conquista Ohio
Apesar de o grande vencedor da noite entre os republicanos ter sido Trump, o governador de Ohio, John Kasich, obteve uma vitória crucial na primária de seu estado. Com a vitória, Kasich levará o apoio de todos os 66 delegados locais para a convenção nacional que definirá, em julho, o candidato da legenda à presidência dos Estados Unidos.

Esta foi a primeira vitória de Kasich no processo de prévias, que começou em Iowa no dia 1º de fevereiro.

John Kasich comemora com eleitores sua vitória nas primárias de Ohio, durante discurso em Berea, na terça (15) (Foto: Reuters/Aaron Josefczyk)
John Kasich comemora com eleitores sua vitória nas primárias de Ohio, durante discurso em Berea, na terça (15) (Foto: Reuters/Aaron Josefczyk)

“A campanha continua”, afirmou em discurso a apoiadores na cidade de Berea ao comemorar vitória na primária republicana de Ohio. “Minha vida toda foi sobre tentar criar um clima de oportunidade para todos. Minha mãe foi a única dos irmãos a se formar na escola. Vocês querem acreditar que podemos ter segurança de empregos, aumento dos salários, que seus filhos terão uma América melhor do que nossos pais”, disse.

Marco Rubio desiste
A primeira vitória de Trump da noite foi na Flórida, onde a regra é a mesma, e por isso conquistou todos os 99 delegados desse estado.

O resultado representou uma grande derrota a Marco Rubio, que é senador por este estado, eacabou suspendendo sua campanha. “Vocês foram extraordinários nessa campanha”, disse a apoiadores em Miami. “Não havia mais nada que pudessem fazer. Foi uma grante vitória [de Trump]”, disse.

O senador Marco Rubio, candidato a nomeação na disputa presidencial americana pelo partido republicano, anuncia a suspensão da sua campanha após ser derrotado por Donald Trump no estado americano da Flórida (Foto: Paul Sancya/AP)
O senador Marco Rubio, candidato a nomeação na disputa presidencial americana pelo partido republicano, anuncia a suspensão da sua campanha após ser derrotado por Donald Trump no estado americano da Flórida (Foto: Paul Sancya/AP)

Em seu discurso, Rubio disse que os EUA estão no meio de uma “tempestade política”, em que as pessoas estão bravas e frustradas. Ele criticou a retórica anti-imigrante de Trump e lembrou da origem imigrante de sua família. “Do ponto de vista político, a coisa mais fácil é deixar as pessoas mais bravas e frustradas. Essa seria a maneira mais fácil de ganhar, mas não é o melhor caminho para os EUA”.

Ilhas Marianas do Norte
As Ilhas Marianas do Norte, território americano, também realizaram prévias nesta terça. Ali a votação foi apenas entre os republicanos e teve formato de caucus (assembleia popular). Donald Trump ganhou com 73% dos votos e conseguiu o apoio dos nove delegados que estavam em jogo.

Ted Cruz ficou em segundo (24%), seguido por John Kasich (2%) e Marco Rubio (1%). Eles não obtiveram nenhum delegado de acordo com o sistema de divisão proporcional.

As prévias democratas nas ilhas Marianas do Norte foram realizadas no último sábado, e a vencedora foi Hillary Clinton.

Prévias
Até o dia 14 de junho (veja o calendário completo), eleitores de todo o país irão indicar delegados para representá-los nas convenções de cada partido.

Tanto primárias quanto caucuses têm duas modalidades diferentes: fechada, na qual votam apenas os eleitores registrados em cada partido, e aberta, em que qualquer eleitor pode votar no pré-candidato que escolher de um dos partidos (mas não nos dois). Alguns estados, como Ohio, Califórnia e Nova Jersey, adotam um sistema misto.

Os dois partidos definem em julho quem serão seus candidatos oficiais. A convenção do Partido Republicano acontece antes, entre os dias 18 e 21 de julho, em Cleveland, Ohio. Já o Partido Democrata aponta seu candidato oficial ao final de uma convenção realizada entre 25 e 28 de julho, na Filadélfia, Pensilvânia.

A eleição presidencial será realizada em 8 de novembro.

Eleições EUA prévias caucus primárias infográfico (Foto: Editoria de Arte/G1)
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com