Egito prende 4 suspeitos após naufrágio de barco de migrantes

Quatro supostos traficantes foram detidos no Egito após o naufrágio de quarta-feira (21) de um barco de migrantes que deixou ao menos 43 mortos no Mediterrâneo, anunciaram as autoridades nesta quinta-feira (22).

Os quatro detidos, todos egípcios, estavam entre as 163 pessoas resgatadas após o naufrágio e foram acusados de “tráfico de seres humanos” e de “homicídio culposo”, afirmou a Promotoria da cidade de Rosetta (também conhecida como Rashid), norte do país.

O barco afundou no Mar Mediterrâneo, em Burg Rashid, uma aldeia na província de Beheira.

“Um barco com imigrantes ilegais virou na costa de Kafr al-Sheikh carregando 600 imigrantes, na maior operação de imigração ilegal nessa região até hoje”, informou a agência de notícias estatal Mena, citando uma autoridade local.

O barco carregava egípcios, sírios e africanos.

“A informação inicial indica que o barco afundou porque estava transportando mais pessoas do que o seu limite. O barco inclinou-se e os imigrantes caíram na água”, afirmou à Reuters um oficial sênior de segurança em Beheira.

Fonte:  France Presse

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com