Tocha em São Luís: festa, emoção e até pedido de casório marcam visita

A Tocha Olímpica sentiu o calor do povo maranhense. No primeiro dia do Maranhão, a chama esteve durante todo este domingo em São Luís e foi recepcionada com muita festa e euforia dos ludovicenses. O destaque ficou por conta da exaltação do folclore local, participação de atletas importantes do estado, como Iziane, e até pedido de casamento.

Durante o percurso, crianças, idosos, homens, mulheres e personalidades do esporte maranhense. Uma delas, irá tentar a medalha de ouro no Rio 2016. Com a seleção brasileira de basquete, Iziane irá buscar um sonho inédito.

– Eu fico muito feliz pela oportunidade. É um momento único, marcante. Para mim, isso aqui representa o meu trabalho diário. Passar essa emoção, o que é esse sacrifício diário de um atleta para todo esse povo que está sempre com a gente, está de bom tamanho. O meu maior legado é a responsabilidade que eu tenho para com a sociedade. Minhas vitórias vão ser esquecidas, meus títulos vão ficar guardados, mas a diferença que eu posso fazer na vida de uma pessoa, esse é o meu maior legado – disse a atleta maranhense.

Iziane recebeu a Tocha Olímpica na Avenida Litorânea e seguiu revezamento da Tocha Olímpíca (Foto: Robert Oliveira / G1)
Iziane recebeu a Tocha Olímpica na Avenida Litorânea e seguiu revezamento (Foto: Robert Oliveira / G1)

No Dia dos Namorados, o revezamento também foi palco de uma grande história de amor de Romeu Matos e Samya Caetano. Como nome de personagem romântico, Romeu aproveitou o evento para protagonizar uma cena surpreendente. Ele pediu sua companheira em casamento ao receber a chama olímpica dela.

+ No dia dos namorados, casal fica noivo durante o revezamento da tocha

A emoção tomou conta de Samya, que pulava ao ver o cartaz que Romeu carregava em suas mãos: “Samya quer casar comigo?” Surpresa com o pedido de casamento ela disse emocionada “Sim” em meio a aplausos e muitas palmas da população que acompanhou a linda história de amor.

A história de luta da filha do casal, Ana Cecília, apelidada de coração valente é que foi a grande responsável por seus pais conduzirem a tocha. Aos 3 anos, a pequena lutadora, apresentou um problema de saúde no coração e precisou passar por uma cirurgia de alto risco. A cirurgia foi um grande sucesso e Ana Cecília foi curada.

Romeu pede Samya em casamento durante revezamento da Tocha Olímpica (Foto: Nissan/Divulgação)
Romeu pede Samya em casamento durante revezamento da Tocha Olímpica (Foto: Nissan/Divulgação)

Espaço também para momentos emocionantes como o de Davi Hermes. Garoto de 12 anos que é portador de Síndrome de Down e também teve a honra de conduzir a chama.

– É uma oportunidade única. Segurar essa tocha é muito importante. Eu estou me sentindo muito feliz por estar fazendo parte desse momento. Eu estou segurando a tocha. Foram somente 200 metros, mas a felicidade que estou sentindo é inexplicável – afirmou.

Davi Hermes ganhou várias medalhas e foi campeão dos Jogos Paralímpicos Escolares Maranhenses.

Davi Hermes, 12 anos, portador de Síndrome de Down carrega tocha olímpica  (Foto: Robert Oliveira / G1)
Davi Hermes, 12 anos, portador de Síndrome de Down carrega tocha olímpica (Foto: Robert Oliveira / G1)

O tour do símbolo olímpico foi encerrado na capital já noite deste domingo. Em meio a grandes shows na Praça Maria Aragão, Centro de São Luís-MA. Destaque para o calor do povo maranhense, milhares de pessoas marcaram presença e não escondiam a alegria de recepcionar o objeto de importância mundial.

– É um honra viver um momento como esse. É histórico. O legal foi que nossa cultura também foi destacada. Eu gostei muito – afirmou Rebeca Frazão, 38 anos, enfermeira.

Brincadeira de bumba meu boi faz festa em São Luís na festa do revezamento da Tocha Olímpica (Foto: Afonso Diniz / Globoesporte.com)
Brincadeira de bumba meu boi faz festa em São Luís no revezamento da Tocha (Foto: Afonso Diniz / Globoesporte.com)

A tocha olímpica segue no Maranhão. Nesta segunda-feira, a chama irá visitar a cidade de Barreirinhas. Lá, ela será colocada em uma balsa e navegará pelo Rio Preguiça em direção a Lagoa Azul. Na sequência, sai do barco e faz o percusso de quadriciclo. Em Barrerinhas, a Tocha Olímpica também irá percorrer seu caminho de helicóptero e kite surf.

A última parada da chama no Maranhão será nesta terça-feira, em Imperatriz. Após passagem na cidade, a Tocha Olímpica segue para Belém-PA. A tocha segue cruzando o Brasil até o dia 5 de agosto, passando por 326 cidades em 95 dias.

Fonte: São Luís, MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com