O Sampaio Corrêa aproveita todo seu tempo para corrigir erros

O Sampaio Corrêa se reapresentou na tarde de ontem no CT José Carlos Macieira. O técnico Léo Condé tem uma semana para preparar a equipe para a partida decisiva da próxima sexta-feira 16 pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, diante do Boa Esporte. A comissão técnica espera a liberação dos atletas que se encontram no departamento médico.
Ainda na expectativa do retorno dos atacantes Pimentinha e Edgar, do zagueiro Luís Otávio e do meia Nádson, Condé pode contar com a volta de Jheimy e Plínio, que estavam suspensos na última partida. Mas nem tudo são flores para o Sampaio. O zagueiro Mimica e o lateral-esquerdo William Simões receberam o terceiro cartão amarelo e são desfalques certos para o jogo contra o Boa Esporte.
A situação de Luís Otávio é a mais complicada. O jogador sofreu uma lesão muscular de grau 2 e entrou na terceira semana de recuperação. A expectativa é que a transição dele seja mais longa que a dos demais, por isso a tendência é que a zaga seja formada por Plínio e Edimar.
Daniel Damião não teve lesão constatada e já está liberado para trabalhar com o restante do grupo.Ele participou da atividade de ontem no CT e deve voltar à titularidade no lugar de Marcelinho. Na esquerda, Raí deve voltar à lateral, após uma breve experiência no meio de campo.
O elenco se reapresentou ontem e tem uma semana inteira para se preparar para a próxima rodada. O quarteto deve passar por exames ainda hoje. Com isso, Condé saberá com quem pode contar para a próxima partida.
“Os jogadores vão passar por um exame de imagem. Depois, o departamento de fisioterapia irá me repassar os resultados e devemos saber já quem deve jogar ou não. Aí, com as opções, iremos trabalhar para decidir como entraremos no jogo”, explicou.
Centro de Treinamento
Após quase dois meses, o elenco do Sampaio voltou a realizar atividades no Centro de Treinamento José Carlos Macieira. Durante o período, apenas o time sub-20 e os jogadores não relacionados treinaram no local. Apesar de ainda não estar totalmente livre dos invasores, o CT já é considerado seguro pelos dirigentes do Tricolor.
Para o restante da competição, a comissão técnica espera trabalhar as partes física e técnica, além de recuperação de atletas no CT José Carlos Macieira, mas quando precisar de treinos fortes, com bola, deve utilizar o Estádio Castelão.
Fonte: George Raposo do oimparcial.com.br
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com