Jayme volta à cena enquanto Fla busca acerto com novo técnico

Cai novamente no colo de Jayme de Almeida a missão de comandar o Flamengo interinamente. Ex-auxiliar e ex-técnico, entre 2010 e 2014, assume a equipe nesta terça-feira após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, anunciada pela direção na noite desta segunda. Hoje auxiliar permanente do clube, Jayme volta à cena um ano depois de ter sido demitido pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello e sua equipe. Ele comandará o treino a partir das 16h, no Ninho do Urubu, mas o Flamengo não cogita efetivá-lo. Cristóvão Borges, ex-Fluminense, é um dos nomes em análise.

Flamengo x Volta Redonda - Jayme de Almeida recebe homenagem (Foto: Rudy Trindade / Agência Estado)
Após a queda de Luxa, o Flamengo recorre novamente a Jayme (Foto: Rudy Trindade / Agência Estado)

Cristóvão conta com a simpatia de alguns jogadores e trabalhou com o diretor executivo Rodrigo Caetano no Vasco, em 2011. Além disso, tem proximidade com Fernando Gonçalves, ex-diretor da Traffic, que tem um projeto de coaching e faz consultoria para o departamento de futebol rubro-negro. Depois de comunicar a demissão a Luxemburgo, a cupula do futebol entrou a madrugada debatendo sobre o novo treinador e os rumos do futebol rubro-negro.

A diretoria tem pouco tempo para agir e dar uma resposta aos torcedores. Na quarta-feira, o Flamengo enfrenta o Náutico, pela terceira fase da Copa do Brasil, no Maracanã, às 22h. No domingo, o time enfrenta o Fluminense, às 18h30, também no Maraca.

Cristovão Borges, Fluminense (Foto: Marcio Alves / Agência O Globo)
O nome de Cristovão soa forte na Gávea (Foto: Marcio Alves / Agência O Globo)

Enquanto o nome não for anunciado, é Jayme quem vai preparar o time. Entre 2013 e 2014, ele ficou oito meses no cargo de treinador do Flamengo e conquistou o Carioca e a Copa do Brasil. Antes, trabalhava como auxiliar. Na época em que foi demitido, saiu muito magoado com os dirigentes pela forma como sua dispensa foi conduzida.

– Obviamente não gostei como as coisas foram conduzidas, principalmente pela relação próxima e acima de tudo bem franca que eu sempre tive com todos ligados ao futebol. Acredito que tudo poderia ter sido tratado de forma mais profissional. Por isso disse que estava perplexo com o fato de não ter recebido nenhum telefonema durante todo o dia, quando todos da imprensa já afirmavam que eu havia sido demitido e, inclusive, já davam um novo técnico. Só fui receber uma ligação do Wallim (Vasconcelos, vice de futebol na época) às 18h30 para me comunicar o que todos já sabiam. É inadmissível que uma coisa dessas aconteça em pleno ano de 2014 – disse na ocasião.

Demitido após duas derrotas e um empate à frente do time rubro-negro no Brasileirão, Vanderlei Luxemburgo concederá entrevista coletiva às 11h desta terça num hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. O GloboEsporte.com transmite ao vivo e fará toda a cobertura em Tempo Real.

A multa rescisória do treinador, cujo contrato com o Rubro-Negro tinha validade até dezembro, gira em torno de R$ 400 mil.

Fonte: Rio de Janeiro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com