Guerrero vira herói e vidente: “Não imaginei gol, mas sabia que ia ganhar”

A estreia de Paolo Guerrero no Flamengo saiu melhor do que encomenda. O atacante marcou um gol e deu a assistência para outro na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, na noite desta quarta-feira, no Beira Rio, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro (veja os lances do camisa 9 no vídeo acima). Herói, o peruano ainda revelou outra faceta, a de vidente. Não adivinhou que balançaria a rede logo em sua primeira partida pelo clube, mas garantiu que tinha certeza do triunfo rubro-negro, mesmo com o longo jejum de 13 anos sem ganhar no estádio Colorado.

– O time jogou bem, concentrado, não deu espaço para o rival. Sabia do elenco que a gente tem, sempre tive confiança, já enfrentei muito meus companheiros. Não imaginei que ia fazer o gol, mas sabia que ia ganhar. A gente só precisa de confiança, e hoje foi um começo – frisou.

Guerrero gol Inter x Flamengo (Foto: EDU ANDRADE - Agência Estado)
Guerrero comemora seu primeiro gol com a camisa do Flamengo (Foto: EDU ANDRADE – Agência Estado)

Guerrero foi, de fato, guerreiro ao encarar uma maratona após o fim da Copa América, torneio em que acabou como artilheiro com quatro gols ao lado de Vargas, do Chile. Chegou ao Rio de Janeiro na madrugada de segunda para terça-feira, fez o primeiro treino no Fla pela manhã, foi apresentado à tarde e em seguida embarcou para Porto Alegre, onde chegou no início da noite. Superou o cansaço e o pouco entrosamento com os novos companheiros – demonstrou ainda não saber o nome de alguns – à base do papo.

– Estou trabalhando, cheguei ontem, descansei muito pouco, mas consegui fazer uma grande partida. Antes do jogo já conversava com alguns jogadores. O goleiro perguntou onde gosto de receber a bola, o Canteros também, os laterais perguntaram como gosto de cruzamento… O Flamengo tem muita qualidade, jogadores muito rápidos. Já joguei com o Sheik, o entrosamento sai muito rápido.

Após ser o nome do jogo logo em sua estreia, Guerrero só lamentou o fato de não enfrentar o Corinthians neste domingo, no Maracanã. Por conta de um acordo verbal entre os clubes durante a contratação, ficou acertado que o Alvinegro paulista só aceitaria liberar mais cedo o atacante – que tinha contrato até o dia 15 de julho – desde que ele não enfrente o ex-time no primeiro turno do Brasileirão.

Fonte: Porto Alegre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com