Em busca do ouro, Isaquias pode se tornar o principal atleta do Brasil da história em uma única edição olímpica

Prata na prova C1 1.000m da canoagem velocidade, na última terça-feira, Isaquias Queiroz está novamente na briga por medalhas. Nesta quinta-feira, às 9h23m, na Lagoa Rodrigo de Freitas, o brasileiro, após passar com tranquilidade pelas eliminatórias e semifinais nesta quarta, tentará subir um degrau no pódio e garantir o ouro no C1 200m.

Caso conquiste, o canoísta será o principal atleta do Brasil da história em uma única edição olímpica. Somente quatro levaram duas medalhas, mas jamais ouro e prata. Em Pequim-2008, o nadador Cesar Cielo foi ouro (50m livre) e bronze (100m livre). Em Atlanta-1996, o também nadador Gustavo Borges garantiu a prata (200m livre) e o bronze (100m livre). Por fim, lá no início do século passado, na Antuérpia-1920, Guilherme Paraense (ouro e bronze) e Afrânio da Costa (prata e bronze), ambos do tiro esportivo, também foram ao pódio em dose dupla.

Na decisão de hoje, Isaquias enfrentará o chinês Qiang Li, o espanhol Alfonso de Alaya, o francês Thomas Simart, Zaza Nadiradze, da Geórgia, o russo Andrey Kraitor, Valentin Demyanenko, do Azerbaijão, e o tcheco Martin Fuksa.

Também nesta quarta, no K2 200m, Edson Silva e Gilvan Ribeiro foram eliminados na semifinal e se classificaram para a final B (9º ao 13º lugares). Já Ana Paula Vergutz não conseguiu sequer avançar à semifinal do K1 500m.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/rio-2016

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com