Barça e PSG se enfrentam com duelo brasileiro

Tudo começou com uma rivalidade estadual. Quando se encontraram pela primeira vez, em 2010, Neymar vestia a camisa do Santos eLucas a do São Paulo. Logo virou parceria, na Seleção sub-20  e na principal. Hoje é amizade, mas que ficará do lado de fora do campo, quando os dois amigos têm um raro e glamouroso encontro: são o rosto do futuro de seus times, Paris Saint-Germain e Barcelona, que se enfrentam nesta quarta-feira, pelas quartas de final da Liga dos Campeões. O primeiro duelo é em Paris, no Parque dos Príncipes, está marcado para as 15h45 (de Brasília) e será transmitido ao vivo pela TV Globo e pelo GloboEsporte.com (o site começa a transmissão às 15h).

– Não temos muito contato de se encontrar, mas sempre estamos nos falando, ainda mais perto de uma data importante, em um jogo que vamos nos enfrentar. É uma amizade sadia – diz  Lucas.

Lucas e Neymar, PSG X Barcelona (Foto: Agência EFE)
Lucas e Neymar no confronto entre PSG e Barcelona no ano passado: novo encontro nesta quarta (Foto: Agência EFE)

Um presente deste porte é o que se esperava dos dois quando eram apenas jovens promissores em 2010, mas já apontados como os grandes craques brasileiros dos próximos anos. Mas, hoje, quem está melhor? Quem parece mais consolidado e tem maior importância para a equipe?

Apesar de Lucas ter se transferido para a Europa seis meses antes de Neymar, os números individuais estão a favor do craque do Barcelona. O meia do PSG teve mais problemas em sua adatapção – o primeiro gol demorou 21 partidas para sair, o da Champions ainda não aconteceu em 20 jogos disputados, e, quando estava em sua melhor fase no clube, se machucou, há dois meses. Mesmo sem ter jogado no final de semana, o jogador teve sua volta confirmada pelo técnico Laurent Blanc para esta quarta.

Neymar e Lucas  (Foto: Reprodução  / Instagram)
Parceria entre Lucas e Neymar é exibida pela dupla em fotos nas redes sociais (Foto: Instagram)

Apesar da lesão, esta é a melhor temporada de Lucas na Europa: ele já tem 30 jogos, sete gols e quatro assistências, entre Campeonato Francês e Champions. Neymar chegou a 42 gols pelo Barcelona no último final de semana – só nesta temporada tem três na Liga dos Campeões e 18 no Campeonato Espanhol. No último final de semana foi polêmico ao reclamar de substituição de Luis Enrique, mas vive uma temporada mágica e está cheio de moral em Barcelona.

– Quando posso o assisto. Neymar é um grande destaque por onde joga, vive um bom momento, vem crescendo a cada dia. É importante para o futebol brasileiro ter jogadores em grandes clubes na Europa. Isso é bom para o nosso país. Será um grande jogo e acredito na minha equipe. Acredito que a gente possa sair com a vitória – analisa o meia do PSG

Nos dados coletivos, Neymar leva goleada de Lucas. O camisa 11 do Barça tem apenas um título pelo clube: a Supercopa da Espanha da temporada passada, disputada em dois jogos contra o Atlético. Lucas já seleciona seis taças: bi do Campeonato Francês, bi da Supercopa e da Copa da Liga Francesa.

E no cara a cara? Novamente, Lucas ganha no coletivo e Neymar no individual. Entre duelos de Santos e São paulo, e Barcelona e PSG, foram seis encontros. Três vitórias de Lucas, duas de Neymar e um empate. Só que nos gols marcados nestes confrontos, é chocolate do atacante do time catalão: 7 a 3 para Neymar.

Tabela: Neymar x Lucas (Foto: GloboEsporte.com)

Tridente completo; PSG sem Ibra

No duelo com o “parça” Lucas, Neymar terá o apoio não só de Messi e Suárez, mas de um Barça com força quase máxima, exceto pela ausência de Daniel Alves, suspenso. O Barça tenta tirar proveito disso, e da força de seu ‘tridente’ ofensivo, para ‘espetar’ um machucado PSG.

Messi e Piqué no treino do Barcelona (Foto: EFE)
Messi e Piqué no treino do Barcelona antes das quartas (Foto: EFE)

A primeira vez que os três atacantes marcaram no mesmo jogo foi contra o mesmo PSG, no segundo turno da primeira fase, quando o Barça venceu os franceses e garantiu a primeira posição do grupo. Até aqui, Messi (8), Suárez (4) e Neymar (3) são responsáveis por 15 dos 18 gols do time na Champions.

Embora tenha conquistado a classificação para as quartas de maneira heróica contra o Chelsea, na prorrogação, e levantado a taça da Copa da França no final de semana, o PSG terá o considerável desfalque de três titulares: Ibrahimovic e Verratti, suspensos, e Thiago Motta, lesionados. A surpresa do técnico Laurent Blanc na lista de convocados foi David Luiz, que fez tratamento na Rússia e acelerou a recuperação de sua lesão para chegar disponível nesta partida decisiva, em que o time precisará de sua liderança em campo.

Por isso, o retorno de Lucas ao time titular acontece no melhor momento possível não só para o atleta, mas para o equipe, que está sem o poder ofensivo de Ibrahimovic. Blanc não definiu se o meia começa jogando ou entra no decorrer da partida, mas irá para o sacrifício, para combater a habilidade de seu parceiro Neymar.

Cavani treino do Paris Saint-Germain (Foto: Reuters)
Sem Ibra (suspenso), Cavani é a esperança de gols do PSG contra o Barcelona em Paris (Foto: Reuters)
Fonte: Paris, França
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com