Governo começa a empossar professores aprovados em concurso

O governador do MaranhãoFlávio Dino (PC do B), começou a empossar nesta segunda-feira (4) os aprovados no concurso público para professor permanente da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Em fevereiro, o Ministério Público do Maranhão encaminhou ao governo do Estado uma recomendação para que as provas do concurso fossem reaplicadas no prazo de até 30 dias. Segundo o órgão, pelo menos 25 questões tinham indícios de plágio nas provas elaboradas pela Fundação Sousândrade.

Segundo o governo, serão empossados 1.500 novos professores para atuar em unidades da rede estadual de ensino nas cidades maranhenses. O secretário de Educação, Felipe Camarão, informou que 75%  dos profissionais atuarão nas cidades do interior, incluindo disciplinas de braile, libras e educação especial.

Nesta etapa, os aprovados passam por perícia médica. As datas das avaliações foram marcadas de acordo com os cargos. Até terça-feira (5), serão avaliados os professores de Português e Revisor de Braile; dias 6 e 7, Matemática e Atendimento Educacional Especializado; dia 8, Biologia; 11, Artes e Educação Física; dia 12 é a vez do Instrutor de Libras e Intérpretes de Libras; Química e Geografia, dias 13 e 14; Filosofia, Língua Estrangeira-Espanhol e Língua Estrangeira-Inglês, dias 15 a 18; e Física, História, Sociologia e Transcritor de Braille, devem comparecer dias 19 e 20.

Os exames têm validade de 90 dias. Quem perder o prazo terá uma segunda chance, entre 25 a 27 de abril, para entregar a documentação. A fase é eliminatória. Também devem ser entregues os documentos previsto em edital. Veja a lista abaixo:

1 – Cópia autenticada e original do Diploma/Certificado ou Certidão com o Histórico Escolar de Conclusão de Curso (Nível Superior), devidamente registrado pelo órgão competente;

2 – Cópia autenticada da Cédula de Identidade, da Certidão de Nascimento ou Casamento, 3 – CPF e do PIS ou Pasep;

4 – Cópia autenticada do Título de Eleitor e Comprovante(s) da última eleição ou Certidão emitida pela Justiça Eleitoral;

5 – Cópia autenticada do Certificado de Alistamento Militar, se do sexo masculino;

6 – Atestado de Antecedentes Criminais e de Consulta, expedido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública onde tenha residido o candidato nos últimos 05 (cinco) anos;

7 – Certidão expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado onde tenha residido o candidato nos últimos cinco anos;

8 – Certidões negativas de condenação criminal nas esferas Estadual, Federal e da Justiça Eleitoral, bem como Certidão Negativa relativa ao TCE e TCU;

9 – Declaração de Bens;

10 – Uma foto ¾;

11 – Preencher ficha cadastral apresentando documentos comprobatórios de dependentes, para previdenciários.

Fonte: G1 MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com