Professores da rede pública podem receber salário de R$ 1.917,78 no MA

A secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, disse que “O Maranhão está alinhado com a política nacional de valorização dos profissionais do magistério da educação básica”. A afirmação veio com o reajuste de 13,01% do piso salarial do magistério divulgado pelo Ministério da Educação (MEC).

O reajuste entrará em vigor a partir desta quarta-feira (7) e as secretarias do município e estado têm como prazo até o fim do mês para que o aumento salarial seja colocado para os funcionários já se adequando ao novo valor, que deve ser pago em fevereiro. Com o reajuste, o salário inicial passará para R$ 1.917,78.

Áurea Prazeres, participou, nesta terça-feira (6), em Brasília, da audiência com o Ministro da Educação, Cid Gomes. A pauta principal do encontro foi o reajuste anual do piso salarial nacional dos professores, que deve ser anunciado oficialmente nesta quarta pelo MEC.

Na reunião foram discutidas também parcerias com o Governo Federal para fortalecer a educação básica, com o foco na qualidade e melhoria do processo ensino-aprendizagem nas escolas públicas.

Para a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o aumento, que tem sido praticado acima da inflação, representará custo maior com a folha e menos investimentos em reformas e infraestrutura das escolas, além de outros itens fundamentais à qualidade do ensino.

A proposta da entidade é que o reajuste leve em consideração a variação do Fundeb e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), estabelecendo novos salários intermediários às duas variações.

Entenda o cálculo

O cálculo está previsto na Lei do Piso (Lei 11.738/2008), que vincula o aumento ao percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno, referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano. O novo montante é relativo ao salário inicial dos professores de escola pública, com formação de nível médio e jornada de trabalho de 40 horas semanais.

De acordo com a lei, a correção do piso reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno, definido nacionalmente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O piso salarial subiu de R$ 950, em 2009, para R$ 1.024,67, em 2010, e R$ 1.187,14, em 2011, conforme números incluídos no site do MEC. Em 2012, o valor vigente era R$ 1.451. Em 2013, o piso passou para R$ 1.567 e em 2014 foi reajustado para R$ 1.697. O maior reajuste foi registrado em 2012, com 22,22%.

Fonte:  G1 MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com