Polícia desmonta esquema de fraude à Previdência em Santa Inês, MA

Policiais da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil, do 1º Distrito Policial (DP) e do 2º DP de Santa Inês (MA), município localizado a 250 km de distância de São Luís, desarticulou nesse sábado (4) uma organização criminosa suspeita de fraudar benefícios previdenciários no Maranhão. A Polícia Civil não divulgou a estimativa de valor desviado pela quadrilha, mas acredita que a fraude é milionária.

Foram presos Jane Isterfany; seu marido Michael Ribeiro; seu irmão Marcos da Conceição; Maria Raquel e seu marido Felipe Augusto. A mãe de Isterfany, Isabel da Conceição está foragida e é considerada a mentora do esquema.

A polícia investiga ainda a participação de outras pessoas na organização, já que para fraudar os benefícios, acredita-se que os golpistas contavam com a ajuda de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e de bancos para facilitar o esquema montado.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos já atuavam há vários anos pelo interior do Estado. Com eles, foram apreendidas 50 carteiras de identidade falsificadas; 150 carteiras de trabalho falsificadas; 100 cartões de crédito e de benefício fraudados; documentos e procurações falsificadas; carimbos utilizados para falsificar as carteiras de trabalho; uma quantia de R$ 11 mil em dinheiro; dois automóveis e duas motocicletas; aparelhos telefônicos; computador; cadernos contendo anotações da contabilidade e de contas e benefícios e comprovantes de saques e de consultas bancárias e do INSS.

As investigações foram iniciadas após casos de arrombamentos ocorridos no posto do ‘Viva Cidadão’ – órgão prestador de serviços públicos – da cidade, de onde foram levadas várias cédulas de identidade em branco; além de várias ocorrências registradas sobre empréstimos fraudulentos em Santa Inês.

Autuação
Os suspeitos foram autuados por estelionato previdenciário; falsificação de documentos públicos; falsificação de documentos particulares; falsidade ideológica; uso de documentos falsos e pelo crime de organização criminosa.

Jane Isterfany e Maria Raquel serão encaminhadas para o Presídio Feminino no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Já Michael Ribeiro, Marcos da Conceição e Felipe Augusto ficarão na Unidade Prisional Ressocialização de Santa Inês (UPRSI). Ambos ficarão à disposição da Polícia Federal e da Justiça Federal.

Fonte: G1 MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com