Planalto faz operação para assegurar quórum na Câmara

O Palácio do Planalto deflagrou na noite de terça-feira uma operação para garantir o quórum necessário de 342 deputados para iniciar a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, marcada para esta quarta (25).

Integrantes de partidos da base aliada que devem votar contra Temer receberam apelo do governo para garantir presença, independentemente do voto.

Para reforçar a pressão, deputados foram avisados que basta a presença para pleitos junto ao governo serem atendidos. A reação do governo foi intensificada com a mobilização da oposição para estimular ausências e esvaziar o quórum.

No Palácio do Planalto, foi bem recebida na noite de terça-feira a declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que defendeu que o assunto na Casa termine o “mais rápido possível”.

A declaração de Maia acontece um dia depois que, numa reunião secreta, integrantes da oposição avisaram para o presidente da Câmara que tinham 200 deputados para impedir a sessão.

A sessão desta quarta

A sessão será aberta com ao menos 51 deputados na Câmara. A discussão poderá ser encerrada com a aprovação de um requerimento, com o registro de presença de ao menos 257 deputados.

Mas a votação só pode ser iniciada com ao menos 342 deputados em plenário. Esse é o número mínimo de votos necessários para autorizar o Supremo Tribunal Federal a abrir processo contra o presidente.

Fonte : Gerson Camarotti do http://g1.globo.com/politica/blog/blog-do-camarotti

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com