gov
Operação prende suspeitos de furtar R$ 17 milhões em cargas, em Goiás – barradocorda.com – Ribamar Guimarães – “o bom maranhense”
Publicado em: 22 de julho de 2016 - 20:42

Operação prende suspeitos de furtar R$ 17 milhões em cargas, em Goiás

Uma operação da Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (22) nove pessoas suspeitas de desviar e furtar R$ 17 milhões em cargas, em Goiás. Entre os presos, está o dono de uma transportadora que, segundo a investigação, orientava caminhoneiros a desviar a carga e comunicar um falso roubo à polícia. Segundo a corporação, o grupo atuava em outros quatro estados e no Distrito Federal.

A operação foi batizada de Poison. De acordo com o delegado Alexandre Bruno Barros, da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), a carga era revendida a comerciantes.

“A gente estima que os prejuízos giram em torno de R$ 17 milhões. Os caminhoneiros saíam para fazer a entrega e no meio do caminho iam a locais onde a carga era retirada do veículo. Depois, o dono da transportadora orientava os motoristas a comunicarem o falso roubo. Por último a carga era revendida para  comerciantes”, explicou.

A ação foi deflagrada nesta madrugada e cumpriu nove mandados de prisão em Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital. Uma pessoa segue foragida. Durante o cumprimento dos mandados, a polícia recuperou R$ 700 mil em óleos automotivos, guardados  em uma chácara do dono da transportadora.

De acordo com o delegado, a investigação começou há seis meses com a apuração de supostos roubos de carga. Segundo Barros, o grupo atuava, além de Goiás, no Distrito Federal, Tocantins, Mato Grosso, Minas Gerais e Maranhão.

“A gente iniciou apurando 23 situações de falsos crimes e foi levantada a suspeita de que os fatos não eram verídicos. Eles comunicavam este roubo à polícia para que os empresários, donos da carga transportada não questionassem. Era um grupo bastante estruturado e com atuação intensa em outros estados também, vista a alta rentabilidade do crime”, afirmou.

O delegado esclareceu que donos de supermercado já foram presos em outras situações anteriores, desvinculadas à operação. Ele afirma que outras pessoas podem ser identificadas e podem responder criminalmente por comprar a carga furtada.

Segundo a Polícia Civil, o grupo vai responder por furto qualificado, falsificação de documento, adulteração de sinal identificador e organização criminosa.

Quadrilha que furtava carga durante transporte, em Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Quadrilha que furtava carga durante transporte, em Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Fonte: Murillo Velasco Do G1 GO

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Rádio

Enquete

Você é a favor do isolamento social em época do Coronavírus?

  • Sim (100%, 7 Votos)
  • Não (0%, 0 Votos)

Total de votantes: 7

Carregando ... Carregando ...

Facebook

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com