Maranhão volta a ter representante feminina no Senado, mas perde na Câmara Federal

As eleições 2018 mudaram a configuração das casas legislativas e a representatividade feminina do Maranhão foi bastante alterada neste processo. Para o Senado Federal, Câmara dos Deputados e a Assembleia Legislativa a partir de 2019 serão oito mulheres exercendo cargos no legislativo.

No Senado, Elizane Gama (PPS) foi eleita e, assim, a Casa volta a ter uma representante do Maranhão depois de muito tempo. A última foi Roseana Sarney (2003 à 2009). Eliziane cumpre o mandato de deputada federal até o fim deste ano.

Na Assembleia Legislativa, apenas Ana do Gás (PCdoB) se reelegeu.No entanto, o número de mulheres no legislativo estadual salta de seis para oito parlamentares. Além de Ana do Gás, atualmente a Assembleia tem Andréa Murad (PRP), Francisca Primo (PCdoB), Graça Paz (PSDB), Nina Melo (MDB) e Valéria Macedo (PDT). Estas não se reelegeram. A partir de 2019, entram no parlamento estadual Detinha (PR), Andreia Rezende (DEM), Thaiza Ortegal (PP), Daniela Tema (DEM), Cleide Coutinho (PDT) e Helena Duailibe (Solidariedade), Mical Dasmasceno (PTB).

Já na Câmara dos Deputados, a representatividade feminina não será possível. Nenhuma candidata conseguiu ficar entre os 18 parlamentares que se elegeram. Enquanto Eliziane Gama vai para o Senado, Luana Alves (PSC) não conseguiu a reeleição. Elas são as duas deputadas federais pelo Maranhão até o fim do ano.

Fonte: G1 Maranhão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com