Maranhão: um estado rico de povo pobre

Em um país burocrático, cartorial, extremamente regulamentado, de alta e complexa carga tributária, com baixo nível educacional e baixíssima produtividade, o estímulo à competição tende a zero.

A VALE no Maranhão

A VALE se instalou no Maranhão em 1982, quando a estrada de ferro Carajás (EFC) começou a ser construída para transportar, em 1985, minério de ferro e manganês da mina de Carajás até o Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís.

O Terminal de Ponta da Madeira entrou em operação regular em janeiro de 1986, quando foram embarcados 11,6 milhões de toneladas de minério de ferro. É  o maior volume em movimento de cargas registrado no ano entre portos brasileiros segundo a Agência Nacional de Transportes Operacionais (Antag).

No primeiro semestre deste ano, a VALE desembolsou o total de US$ 1,1 bilhão no Maranhão. Desse montante US$ 27,1 milhões foram destinados à área sócio ambiental.

Nesse período, a Estrada de Ferro Carajás (EFC) movimentou 63,3 milhões de toneladas (MT) de minério de ferro e carga geral, um acréscimo de 11% em relação a igual período do ano passado. O minério de ferro foi o principal produto transportado pela ferrovia, totalizando 60,9 milhões de toneladas.

Uma pesquisa recente feita pela Confederação Nacional da Indústria mostrou que, para o empresário, a competição é o principal estímulo á inovação.

O Brasil e particularmente o Pará e o Maranhão e consequentemente a indústria nacional vem perdendo espaço na economia, e seu grau de inovação é limitadíssimo.

Agregação de valor o que significa?

A tecnologia e o saber adicionam valor aos produtos, de modo que o produto final poder ser a preço bem maior do que a simples soma aritimétrica dos insumos utilizados em seu dos insumos utilizados em seu fabrico.

Em 2014, os cinco principais commodities brasileiros exportados renderam ao país 100 bilhões de dólares à APPLE, os mesmos 100 bilhões de dólares. Tudo calculado, descobre-se que a APPLE precisou de apenas 24.600 toneladas de iPhone para atingir o valor obtido pelo Brasil com a venda de um volume de commodities que se conta na casa dos centavos de milhões de toneladas – só de minério de ferro foram 344 milhões.

Colocado de forma ainda mais dramática: para faturar o mesmo que a APPLE fatura com um único iPhone, o Brasil precisa exportar 8 toneladas de minério de ferro.

(Fonte de pesquisa revista VEJA 28/11/2015 e     Jornal o Estado do Maranhão (01/11/2015)

                                                                    Pense Nisso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com