Maluf deixa hospital no DF e viaja para São Paulo em UTI aérea

O deputado federal afastado Paulo Maluf (PP-SP) deixou o hospital Home, em Brasília, por volta das 11h40 desta sexta-feira (30).

Segundo laudo médico, o quadro de saúde dele é “estável” e, por isso, será transportado ainda nesta sexta para São Paulo em uma UTI aérea – um jatinho adaptado e com equipe médica.

Deputado Paulo Maluf (PP-SP) é auxiliado em aeroporto de Brasília para seguir até avião onde será transportado a São Paulo (Foto: TV Globo/Reprodução)

Deputado Paulo Maluf (PP-SP) é auxiliado em aeroporto de Brasília para seguir até avião onde será transportado a São Paulo (Foto: TV Globo/Reprodução)

Maluf estava internado desde a última quarta-feira (28) após sentir “fortes dores” na lombar. Apesar da transferência, o hospital recomenda que ele dê continuidade ao tratamento e faça novos exames na capital paulista.

Boletim médico emitido pelo Hospital Home, em Brasília, que libera Paulo Maluf de internação (Foto: Hospital Home/Divulgação)

Boletim médico emitido pelo Hospital Home, em Brasília, que libera Paulo Maluf de internação (Foto: Hospital Home/Divulgação)

O parlamentar deixa o Complexo Penitenciário da Papuda, onde estava preso desde 22 de dezembro do ano passado, para cumprir prisão domiciliar concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após a internação.

No despacho da decisão, o ministro Dias Toffoli afirma que documentos apresentados pela defesa de Maluf demonstram que o deputado, aos 86 anos, “passa por graves problemas relacionados à sua saúde no cárcere, em face de inúmeras e graves patologias que o afligem”. As informações são do blog da jornalista Andréia Sadi.

O deputado Paulo Maluf é preso e conduzido para exame de corpo de delito no IML da Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

O deputado Paulo Maluf é preso e conduzido para exame de corpo de delito no IML da Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

Ele foi condenado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), a pena de 7 anos e 9 meses de prisão por lavagem de dinheiro no período em que foi prefeito de São Paulo – entre 1993 e 1996.

Questionada sobre a possibilidade de utilizar a tornozeleira eletrônica para monitorar a prisão domiciliar de Paulo Maluf, a Secretaria de Segurança do DF informou que essa decisão cabe ao próprio STF. No habeas corpus obtido pelo G1, o dispositivo não é mencionado.

Saúde debilitada

Segundo o Hospital Ortopédico e Medicina Especializada (Home), onde Maluf foi internado, uma ressonância feita na quarta (28) identificou a compressão de nervos na coluna vertebral.

Por conta disso, o deputado recebeu analgésicos “potentes”, anti-inflamatórios e opióides. Ele também foi submetido a uma infiltração com corticoite na base da coluna.

Fachada do Hospital Home, em Brasília, em 28 de março; lá, está internado o deputado Paulo Maluf (Foto: TV Globo/Reprodução)

Fachada do Hospital Home, em Brasília, em 28 de março; lá, está internado o deputado Paulo Maluf (Foto: TV Globo/Reprodução)

Fonte: G1 DF

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com