Irmão tem pesadelo com funeral de Diana e diz que foi enganado

LONDRES — Para o irmão da princesa Diana, o conde Charles Spencer, a procissão durante o funeral da mãe dos príncipes William e Harry foi a experiência mais apavorante que ele viveu. Segundo Spencer, em entrevista concedida à emissora britânica BBC semanas antes de a morte de Diana completar 20 anos (no mês que vem), a meia hora segurando o caixão com o corpo da irmã falecida causa pesadelos até hoje.

O britânico revelou ainda que foi enganado sobre uma suposta vontade dos príncipes William e Harry de caminhar atrás do caixão. De acordo com o irmão de Diana, essa “era uma coisa bizarra e cruel”. Spencer disse ter sido extremamente protetor em relação a William e Harry, para que eles não andassem muito perto caixão em um momento tão devastador, caso não quisessem.

“Eu fui enganado quando me disseram que eles queriam fazê-lo, o que, claro, não queriam”, afirmou. “Foi a pior parte do dia por um tempo considerável, caminhando atrás do corpo da minha irmã com dois meninos que, obviamente, estavam sofrendo demais a sua perda. Foi uma espécie de circunstância bizarra onde nos disseram que você precisava olhar para a frente. Mas o sentimento, o tipo de onda de tristeza absoluta que causa uma tristeza que vem até você, quando você desce esse tipo de túnel de emoção profunda, realmente foi muito angustiante e ainda tenho pesadelos sobre isso.”

EULOGIA FÚNEBRE

Ainda de acordo com o conde Spencer, Diana teria ficado orgulhosa da eulogia fúnebre que escreveu.

“Eu sei que as pessoas vão pensar que eu sou uma espécie de louco, mas eu lembro de ouvir quase algum tipo de aprovação, então, percebi que provavelmente eu tinha alguns dos pensamentos em ordem”, contou.

O discurso de Spencer, porém, não se limitou aos aspectos positivos da vida de sua irmã.O texto também abordou os transtornos alimentares da princesa Diana e o impacto dos paparazzi em sua vida.

“Em seus últimos anos, Diana foi realmente reduzida por elementos dos paparazzis e dos tablóides”, disse ele, enfatizando ainda: “Eu lembro que ela me contou sobre um homem que prometeu persegui-la até o dia em que ela morresse, então urinaria em seu túmulo”. Segundo o conde, já aconteceram quatro tentativas de invadir o túmulo da família onde a princesa Diana está enterrada.

Fonte: O GLOBO

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com