‘Foi do jeito que o Ministério Público pediu’, diz Dodge sobre julgamento de Lula no STF

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse nesta quinta-feira (5) que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que permitiu a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atendeu ao pedido do Ministério Público Federal para executar a pena após a condenação do petista em segunda instância.

Agora, a execução da prisão depende do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que, em janeiro, condenou Lula a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá (SP).

“Foi do jeito que o Ministério Público pediu, não é?”, disse, ao ser questionada por jornalistas sobre a decisão.

Chefe do Ministério Público, Dodge disse que já era “esperado” um resultado apertado – no julgamento, uma maioria de 6 ministros, entre os 11 integrantes do STF, votou contra o pedido de Lula para evitar a prisão.

Quando o julgamento começou, no último dia 22, Dodge disse no plenário que a permissão para prisão após segunda instância foi um “marco importante para fazer cessar a impunidade no país”.

Nesta terça (3), num ofício enviado à Corte antes da decisão final sobre Lula, ela disse que eventual mudança no entendimento da Corte colocaria a seriedade do sistema jurídico do país “em xeque”.

“Como se sabe, a constitucionalidade da execução provisória da pena tem, a seu favor, inúmeros argumentos de ordem teórica e prática – os quais, já sendo de conhecimento de todos, não serão detalhados aqui. Todos esses argumentos foram considerados e acolhidos pelo Plenário do STF há pouco mais de um ano. Eles continuam válidos e presentes nos dias atuais”, defendeu a procuradora.

Por:  Renan Ramalho, Guilherme Mazui, Fernanda Calgaro e Rosanne D’Agostino, G1, Brasília

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com