gov
Evo Morales deixa a Bolívia e parte rumo ao México – barradocorda.com – Ribamar Guimarães – “o bom maranhense”
Publicado em: 12 de novembro de 2019 - 10:07

Evo Morales deixa a Bolívia e parte rumo ao México

Após renunciar ao cargo no domingo (10), o ex-presidente Evo Morales deixou a Bolívia na madrugada desta terça-feira (12) e partiu rumo ao México, onde recebeu asilo político. A partida do líder indígena foi confirmada pelo chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, que postou uma foto do ex-presidente em um avião. 

“O avião da Força Aérea Mexicana já decolou com Evo Morales a bordo. De acordo com as convenções internacionais atuais, está sob a proteção do México. Sua vida e integridade estão seguras”, escreveu o ministro de Relações Exteriores. 

Marcelo Ebrard C.@m_ebrard

Ya despegó el avión de la Fuerza Aérea Mexicana con Evo Morales a bordo. De acuerdo a las convenciones internacionales vigentes está bajo la protección del de México. Su vida e integridad están a salvo.

Ver imagem no Twitter

32,8 mil00:03 – 12 de nov de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads21 mil pessoas estão falando sobre isso

Evo Morales já havia anunciado sua partida para o país na segunda-feira (11). Em sua conta do Twitter, o ex-presidente lamentou deixar a Bolívia “para preservar a nossa vida” e agradeceu o governo mexicano pelo asilo.

“Irmãs e irmãos, parto rumo ao México, agradecido pelo desprendimento do governo desse povo irmão que nos deu asilo para preservar nossa vida. Dói-me abandonar o país por razões políticas, mas sempre estarei ao seu lado. Logo voltarei com mais força e energia”, escreveu o ex-presidente no Twitter.

Evo Morales Ayma@evoespueblo

Hermanas y hermanos, parto rumbo a México, agradecido por el desprendimiento del gobierno de ese pueblo hermano que nos brindó asilo para cuidar nuestra vida. Me duele abandonar el país por razones políticas, pero siempre estaré pendiente. Pronto volveré con más fuerza y energía.112 mil22:29 – 11 de nov de 2019Informações e privacidade no Twitter Ads68,8 mil pessoas estão falando sobre isso

Centenas de apoiadores de Morales seguiam na segunda-feira de El Alto para La Paz, enquanto moradores da capital se organizavam para defender seus bairros do avanço. 

Indefinição no poder

A renúncia de Morales — sob pressão das Forças Armadas, da polícia e da oposição, que exigiram que ele deixasse o cargo que ocupava desde 2006 —, deixou um vácuo de poder como resultado de três semanas de protestos desencadeados por eleições supostamente irregulares. 

A futura presidente interina da Bolívia, segunda vice-presidente do Senado, Jeanine Añez, disse que serão convocadas eleições, para que “em 22 janeiro já tenhamos um presidente eleito”. 

Em meio à indefinição, a polícia deteve 33 juízes eleitorais por ordem da Procuradoria boliviana, com base na auditoria da OEA sobre as eleições de 20 de outubro, impugnadas pela oposição e pelo organismo regional com sede em Washington. A secretaria geral da OEA se manifestou nesta segunda-feira contra “qualquer saída inconstitucional” e pediu ao Poder Legislativo que organize novas eleições.

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/


 

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Rádio

Enquete

Você é a favor ou contra a proposta de Reforma da Previdência?

  • A Favor (50%, 5 Votos)
  • Contra (50%, 5 Votos)

Total de votantes: 10

Carregando ... Carregando ...

Facebook

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com