Brasil, Colômbia e Peru formam rede para combater tráfico de pessoas

Para combater o tráfico de pessoas na região do Alto Solimões, uma rede de enfrentamento foi formada pelos países Brasil, Colômbia e Peru.

O Amazonas foi o estado brasileiro que mais registrou ocorrências de tráfico para exploração sexual. E as mulheres, adolescentes e crianças, são as que mais sofrem com o tráfico. A maioria é de classe social mais baixa e possuí pouca escolaridade. Homens também são traficados, principalmente, para o trabalho escravo.

A presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente de Tabatinga, Izalene Tiene, informou que a porta de saída das meninas traficadas de Tabatinga, no Alto Solimões, para outros países é a cidade peruana de Caballococha, onde não há fiscalização. “Por Caballococha é que as meninas são levadas, porque saem de Letícia ou de Santa Rosa e depois quando chegam em Caballococha não tem mais um controle, não tem mais fiscalização”, disse Izalene Tiene.

A missionaria da diocese do Alto Solimões, Rose Bertoldo, explica que tráfico de pessoas acontece por meio de aliciamento, recrutamento, uso da força, rapto, coação, fraude ou outras formas de engano, para fins de obter lucro sob essas pessoas. Ainda de acordo com a missionária, o tráfico acontece para exploração sexual, trabalho escravo, venda de órgãos, casamento servil e atividades criminosas, como o tráfico de drogas.

Um grupo de trabalho foi montado para fazer um diagnóstico da situação e no mês de julho, deste ano, haverá uma apresentação dessa pesquisa, informou a presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente de Tabatinga.

Fonte: Repórter Solimões da :Rádios EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com