Acionistas vão discutir saída de Wesley Batista da JBS

RIO e SÃO PAULO – A BNDESPar enviou carta ontem à JBS pedindo convocação de assembleia extraordinária de acionistas para avaliar os impactos negativos das delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da empresa, segundo fonte com conhecimento do assunto. Uma das possibilidades que devem ser debatidas na assembleia é o afastamento da família Batista da gestão da companhia, como antecipado pelo colunista do GLOBO Ancelmo Gois.

A carta foi encaminhada por orientação do presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Desde que assumiu a presidência do banco, em 1º de junho, vem se inteirando da questão. Pela Lei das S.A., qualquer acionista com mais de 5% do capital da companhia pode convocar uma assembleia. A BNDESPar tem 21% das ações com direito a voto. A família Batista controla a JBS, com 42,5% do capital votante. Caberá ao presidente do Conselho de Administração, Tarek Farahat, marcar a assembleia.

MINORITÁRIO QUER COMPENSAÇÃO

Joesley Batista renunciou ao cargo de presidente do Conselho no fim de maio. Mas seu pai, José Batista Sobrinho, ainda ocupa a vice-presidência do órgão, no qual Wesley Batista também é membro. Wesley acumula ainda o cargo de presidente executivo da companhia.

O afastamento de membros da família Batista do comando da JBS não está explícito na carta. Mas a visão compartilhada pela BNDESPar e outros minoritários é que a presença do clã Batista no dia a dia da empresa agrava a crise de confiança por que passa a gigante do setor de carnes, limitando o acesso a crédito e colocando em risco milhares de empregos.

A principal preocupação do BNDES, segundo uma fonte, é com a preservação de valor da companhia e dos postos de trabalho. Líder mundial do setor de proteína animal, a JBS já perdeu metade de seu valor de mercado desde a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada em março. A empresa também é alvo da Operação Bullish, que investiga supostas irregularidades em transações que envolvem o BNDES e a JBS.

Procurados, BNDES e JBS não fizeram comentários. Paralelamente à articulação para o afastamento da família Batista, a Associação dos Investidores Minoritários do Brasil prepara ação pedindo ressarcimento aos minoritários das perdas causadas pelas irregularidades cometidas pelo comando da JBS. A empresa já pôs vários ativos à venda para honrar compromissos.

FIBRIA QUER COMPRAR ELDORADO

Outras empresas do grupo J&F seguem em negociação com possíveis compradores. Além dos chilenos da Arauco, a brasileira Fibria entrou na disputa pela Eldorado Brasil, empresa de celulose do grupo. Na semana passada, os chilenos tinham “confidencialidade” nas conversas com os irmãos Joesley e Wesley Batista. Mas, em comunicado ao mercado, a Fibria informou que tem interesse pelo ativo.

“A Fibria, como líder mundial na produção de celulose de eucalipto, avalia e monitora constantemente oportunidades de crescimento por meio de aquisições de ativos estratégicos que agreguem valor para a companhia e contribuam para manter o seu papel de liderança no setor. A empresa informa que, apesar do interesse, até o momento, não se vinculou de forma alguma a uma operação de compra dos ativos da Eldorado Celulose”, diz a nota.

Analistas da Coinvalores avaliam que a entrada da Fibria na briga pela Eldorado pode ajudar a reverter, a curto prazo, a tendência negativa das ações nos últimos dias. Ontem, os papéis da Fibria caíram 0,45% , a R$ 35,31.

Outro analista de mercado avalia que o fato de a Fibria ter uma unidade na mesma cidade que a Eldorado (Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul) traz ganhos de logística para a empresa.

— Os ganhos com a sinergia de logística e florestal serão enormes se o negócio se concretizar — diz um analista que prefere não se identificar.

ARAUCO TERIA OFERECIDO R$ 11 BI

A Arauco é um dos maiores produtores de celulose no mundo e tem negócios em 75 países. No Brasil, tem nove unidades, que fabricam apenas painéis de MDF e não celulose. A Eldorado seria uma porta de entrada nesse mercado no Brasil. Os chilenos contam com a assessoria do banco Santander Brasil. Na quarta-feira, uma comitiva chilena visitou as instalações da Eldorado em Três Lagoas

A Fibria é a maior produtora de celulose no mundo e exporta 90% de sua produção. A receita líquida da companhia chegou a R$ 9,6 bilhões no ano passado, com lucro de R$ 1,6 bilhão. Conta com fábricas localizadas em Três Lagoas, Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES).

Segundo uma fonte que acompanha o mercado de celulose, a Suzano também teria interesse na fábrica de Três Lagoas, mas não entrou nas negociações. A Suzano não comenta o assunto. Os valores da transação seguem indefinidos. No mercado circula a informação que os chilenos fizeram uma oferta de R$ 11 bilhões.

A Eldorado é uma das empresas em situação mais deliciada do Grupo J&F. A companhia está com atraso na construção de uma de suas unidades e endividamento elevado, que chega a R$ 8 bilhões, o que a fez negociar os termos restritivos, chamados de covenants , de algumas operações de crédito com os credores, entre eles bancos como Caixa Econômica Federal, Santander e Banco do Brasil.

Depois da delação premiada dos irmãos Batista e do acordo de leniência com multa de R$ 10,3 bilhões, a holding J&F começou a negociar a venda de ativos para fazer caixa. Nesta semana, a JBS, principal empresa do grupo, informou que pretende levantar R$ 6 bilhões com a venda de sua fatia na Vigor, a participação na Moy Park e nos ativos da Five Rivers Cattle Feeding e fazendas.

Fonte: DANIELLE NOGUEIRA / JOÃO SORIMA NETO do site https://oglobo.globo.com

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com