3,2 mil policiais farão a segurança do Carnaval em São Luís e no interior

Mais de 3.200 policiais militares devem participar do esquema de segurança para o carnaval na Região Metropolitana de São Luís e em todo o estado. Os dados foram divulgados hoje pela Polícia Militar do Maranhão (PM). O esquema deve se estender até a quarta-feira (18). Os policiais atuarão em postos fixos da PM, além de rondas realizadas por agentes a pé e motorizados e da cavalaria. Haverá também barreiras para fiscalizar motoristas e foliões.

Segundo o comandante da Polícia Militar, Coronel Marco Antônio Alves, 700 policiais deverão reforçar a segurança na região central da capital, principalmente nos pontos de maior movimentação. Os circuitos da Deodoro, Madre Deus e São Pantaleão vão contar com postos de comandos fixos, além de barreiras organizadas pelo Batalhão de Choque, que realizará revistas. A Passarela do Samba também o contingente será reforçado com um posto fixo da PM e um esquema especial para garantir a segurança de quem for assistir às escolas e blocos.

O policiamento vai abranger ainda diversos bairros da capital, principalmente aqueles com maior movimentação no período da folia e onde há registro de grandes índices de criminalidade. Serão montadas blitze nas principais avenidas para autuar motoristas alcoolizados ou que apresentarem alguma irregularidade em seus veículos ou documentação.

Interior
Os pontos de saída e chegada à Ilha também serão reforçados com equipes da PM, entre eles o Terminal Rodoviário de São Luís e no Terminal da Ponta da Espera, de onde saem os ferry-boats. No interior do estado, o esquema ficará sob a responsabilidade dos comandos nos municípios. Cidades como Balsas, Itapecuru-Mirim, Pinheiro e Caxias, onde há grande volume de foliões, terão policiamento reforçado com agentes a pé e motorizados.

“Esse esquema que realizamos todos os anos antes do início da programação oficial do carnaval é importante para traçar estratégias e planos de ações para garantir uma festa mais tranquila e com maior segurança para os foliões no estado. Isso pode ser constatado com a diminuição, por exemplo, do número de homicídios em relação aos anos anteriores”, afirmou.

O comandante ressaltou como a população pode ajudar a polícia nesse trabalho. “Eles devem denunciar qualquer ocorrência que venha acontecer, não só nos locais de folia. Nós sempre recomendamos também que as pessoas procurem não portar objetivos de valores quando forem pular o carnaval e sempre andar com cópias de seus documentos pessoais”, finalizou.

Fonte: oimparcial.com.br
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com