Mestre Apolônio é transferido para hospital de alta complexidade

Continua internado em estado grave Apolônio Melônio, de 97 anos, fundador do Boi da Floresta, um dos mais tradicionais do sotaque da baixada.  De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, mestre Apolônio foi transferido no fim da noite de quarta-feira (20) para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, no Calhau, em São Luís.

Ainda de acordo com a nota enviada ao G1, mestre Apolônio está em estado grave e respira com ajuda de aparelhos de ventilação mecânica. Ele deu entrada, na manhã de quarta-feira, na UTI do Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), na Santa Efigênia, apresentando quadro clínico de infecção urinaria e insuficiência respiratória grave.

No dia 31 de março Mestre Apolônio levou uma queda e fraturou o fêmur direito. No dia 2 de abril ele fez uma cirurgia e estava em recuperação. Veja a nota na íntegra abaixo:

NOTA

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em nome do Hospital de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, informa que o paciente Apolônio Melônio deu entrada na referida unidade de saúde às 23h11 de ontem (20) e que está internado na UTI com quadro de Choque Séptico de foco urinário. Encontra-se em estado GRAVE, em ventilação mecânica e hemodinâmica instável.

Ícone Maranhense
Apolônio Melônio veio para São Luís em 1939. Sobreviveu ao acidente do navio Maria Celeste, que pegou fogo na Baía de São Marcos em 1954. Além de trabalhar como estivar, ele dedicou a vida à manutenção da tradição folclórica do bumba meu boi, Patrimônio Cultural Brasileiro.

Ao lado de mestre Coxinho, foi um dos fundadores do boi de Pindaré, conhecido pela exuberância dos cazumbás e sonoridade singular. Há 42 anos criou o tradicional boi da Floresta, sediado no bairro da Floresta, em São Luís.

O grupo mantém o sotaque de Pindaré, que marca o legado de mestre Apolônio para a cultura maranhense.

Vida e obra documentada
A cineasta Giselle Bossard decidiu homenagear mestre Apolônio em um documentário que conta a história do boi da Floresta e, ao mesmo tempo, relata a vida de dedicação do amo do boi para preservar a cultura popular do Estado.

Fonte: G1 MA

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp

Barra Do Corda portal de notícias, tudo sobre a nossa cidade com:

Rapidez, Verácidade e Ética.

Não se esqueça de se inscrever para receber nossas notícias. Digite seu e-mail e saiba tudo sobre Barra do Corda a nossa cidade.

Informações

Chat
Enviar via WhatsApp
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com